chá para o figado -chá para o figado CURA POderosa.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

chá para o figado.

Ervas e chás naturais trazem danos ao fígado

Produtos alternativos podem causar hepatite crônica e cirrose hepática
Ervas naturais usadas para tratar constipação intestinal, gastrite, hemorróida, e diminuir a retenção de líquidos, entre outros sintomas, podem trazer complicações sérias ao fígado de quem as utiliza, como hepatite crônica e cirrose hepática. Embora não exista uma pesquisa sobre o tema, segundo Raymundo Paraná, presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia, houve um aumento no número de casos de pacientes que procuram centros de hepatologia por causa da intoxicação do fígado, causado tanto por medicamentos alopatas como também por ervas e chás.
Ele chama a atenção para um levantamento realizado por hepatologistas que mostrou que há no país mais de 170 práticas alternativas sem comprovação científica – as conclusões dos médicos foram encaminhadas à Agência Nacional de Vigilância Sanitária e ao Ministério da Saúde. "Levantamos a literatura médica para ver o que havia de evidência científica. E o fato é que falta embasamento", diz Paraná. Em geral, esses medicamentos carecem de estudos científicos fase I, II e III, quando são testados em seres humanos — mostrando apenas resultados positivos em testes com animais.

As plantas são uma das mais antigas formas de prática medicinal da humanidade, presentes na cultura africana e na cultura indígena. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estimula países a estabelecerem políticas para medicamentos fitoterápicos e plantas medicinais, com o objetivo de que eles utilizem recursos naturais disponíveis em seus próprios territórios com finalidade de tratamento, cura e prevenção.

Vendidas como uma alternativa natural e menos tóxica que os tratamentos convencionais, as ervas passam a falsa impressão de que são todas inofensivas à saúde. "Em geral, a parte da população acha que a medicação alternativa não faz mal nenhum. O fato é que algumas plantas podem causar uma doença hepática grave e, se associadas a algum tipo de medicamento, podem diminuir a ação de outras drogas", explica Aécio Meirelles, hepatologista da Universidade Federal de Juiz de Fora e pesquisador da área de doenças hepáticas induzidas por medicamentos.

Entre as ervas que podem trazer consequências, os especialistas citaram: sacaca (Croton cajucara benth), kava-kava (Piper methysticum) e erva-de-São-João(Hypericum perforatum). Meirelles explica que o problema das plantas é que não se sabe exatamente de onde vem a parte que causa problema — pode vir da folha, do caule da raiz ou até do próprio preparo. Em alguns casos, as pessoas misturam mais de uma erva em um só chá, fazendo com que fique ainda mais difícil descobrir a origem do problema.

--------------------------

Remédio caseiro para o fígado.

Remédio caseiro para o fígado
O chá de boldo é um excelente remédio caseiro para tratar distúrbios do fígado, como fígado gorduroso ou fígado inchado, que geram sintomas como enjoo, dor e desconforto abdominal.

Para o chá: coloque 2 folhas de boldo numa panela com 1 copo de água e deixe ferver por 5 minutos. Apague o fogo, deixe amornar, coe e beba a seguir, sem adoçar, de 3 a 4 vezes ao dia.

Para uma maior concentração de propriedades terapêuticas, recomenda-se tomar o chá logo após o seu preparo.

Diante dos sintomas de problemas no fígado, recomenda-se seguir este tratamento caseiro por dois dias. Mas, se os sintomas persistirem ou se agravarem, o ideal é ir ao hospital rapidamente, pois pode ser algo mais grave.

O boldo é uma planta medicinal que possui propriedades diuréticas e digestivas, o que ajuda no tratamento das doenças do fígado. Mas, além de tomar este chá, aconselha-se evitar alimentos estimulantes e de difícil digestão, dando preferências aos amargos, água morna, frutas, legumes e verduras.

É muito importante não consumir nenhum tipo de bebida alcoólica até que o fígado esteja totalmente recuperado, pois as causas mais comuns de problemas no fígado são o consumo de bebidas alcoólicas em exagero, alimentos muito gorduroso e as doenças virais.

------------------------

Ervas que protegem o fígado.

Ervas que protegem o fígado
Seguem algumas ervas usadas na proteção do fígado e da vesícula.

Silimarina (milk thistle)
É usada para problemas do fígado e da vesícula, inclusive hepatite e cirrose, uma vez que aumenta a secreção e o fluxo da bile, chegando até a curar o fígado de danos tóxicos. Seu nome em inglês significa "erva do leite", pois promove a secreção do leite e pode ser usada por quem está amamentando.

No Brasil, o Legalon tem em sua fórmula 70% ou 140% de silimarina; também se pode mandar manipular a erva em farmácias homeopáticas, na forma de tintura a 70%.

Preparação e dosagem

Infusão: deixar em infusão uma colher de chá de sementes trituradas em uma xícara de água fervente por 10 a 15 minutos. Tomar o chá três vezes ao dia.

------------------------

Limão - Um aliado do fígado e da visão.

Limão - Um aliado do fígado e da visão

O Limão é considerado pela milenar medicina hindu Ayurvédica (a mais antiga do planeta), como "o alimento mais fantástico da humanidade!"
Curiosamente, o Limão é a fruta que mais depende da fotossíntese para sua perfeita maturação e fartura em suco. Portanto, o Limão é, de todas as frutas e alimentos de origem vegetal, o maior reservatório de energia solar. Luz e Prana (energia cósmica) concentrados nesta fruta tão popular, acessível a todos, principalmente nós brasileiros, que vivemos num país tropical, ensolarado. E, para quem vive em países mais frios (carentes de sol), o limão é "o reservatório" de luz mais fácil de acessar.
No simples ato de ingerir o suco fresco de um Limão, acontece algo como colocar um "quantum" de sol dentro de nós, iluminando o nosso interno: cada célula, cada sombra, cada impureza.
Assim sendo, o Limão tem motivos de sobra para ser o primeiro na lista dos alimentos que favorecem a vida: o bom-humor, o bom astral, a lucidez, a clareza, a verdade (ilumina tudo), a vitalidade, a fecundidade (de ideias, de visões, de gestação ...) e a memória.
Seu suco fresco, suas flores (que geram o óleo essencial da aromaterapia conhecido como néroli e o floral de limão), suas cores (o verde-limão é especialmente valorizado nos tratamentos via cromoterapia), suas fibras (pectina e celulose), suas vitaminas (C e as citrinas) e o óleo essencial contido na sua casca (d-limoneno) favorecem a:
Vitalidade - quando ativa o sistema imunológico, age como um fixador de vitaminas e sais minerais e como um antibiótico natural;
Juventude - quando atua como antioxidante e alcalinizante de todos os líquidos corporais;
Desintoxicação e limpeza de todos os órgãos e sistemas excretores - fígado, rins, pulmões, intestinos e pele;
Todos os sentidos (visão, olfato, tato, audição, paladar e demais sentidos) - quando harmoniza todos os órgãos, vísceras, sistemas e meridianos de energia.
Mas, quando falamos especificamente de visão, e procurando entender o corpo humano de uma forma holística, como é o caso da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), precisamos falar de fígado e vesícula.
E, quando falamos no fígado, do ponto de vista energético, estamos falando do fígado propriamente, mas também da vesícula biliar, dos olhos, dos ombros, dos joelhos, dos tendões, das unhas, dos seios, e de todo o aparelho reprodutor feminino, desde ovários, trompas, útero até a vagina. Por esse motivo, na MTC, se diz que o fígado é o órgão mais importante para a mulher, assim como o rim é o órgão mais importante para o homem.
Quando o fígado funciona mal, pode ter certeza que alguns dos aspectos da saúde citados acima (um ou mais) poderão estar dando avisos, sinais de alerta. Mas, com certeza, a sua capacidade de enxergar a vida, a VISÃO, estará dando sinais gritantes: vamos buscar "enxergar" atentamente o que está apontando dificuldade.
Procure, sim, um oftalmologista, para avaliar a melhor forma de tratar os sintomas. Porém, a causa, muito provavelmente, está no sistema hepático, ou seja, usar (ou mudar) os óculos ou fazer uma cirurgia poderá solucionar (temporariamente) os sintomas, mas não a CAUSA.
É importante diferenciar o significado de VER x ENXERGAR. O ver é superficial e raramente possibilita registro (arquivos, memórias) do que foi visualizado. O ENXERGAR é uma percepção em estado de alerta, de presença real, e possibilita o registro do aqui e agora. O ENXERGAR costuma ir além do físico, capacitando percepções do que está oculto, o que se conhece como "intuição", "inspiração" ou "sexto sentido".
E, sem ENXERGAR, sem estar percebendo a vida no mundo da realidade (estado de alerta ou meditativo), vai para o espaço a intuição (criatividade e inspiração), a fé (oposto da ansiedade, medo e pânico), o bom humor e a alegria (qualidade e significância da vida), o equilíbrio e a inteligência (capacidades de enxergar o outro e as soluções).
E trata-se de um círculo fechado: enxergar ajuda na tonicidade do fígado e um fígado saudável nos ajuda a enxergar melhor.
Encarar serenamente um desafio - enxergá-lo de frente -, sem ilusões (falsas expectativas, autoenganos ou mentiras), sem esconder as prioridades e providências debaixo do tapete, torna tudo mais fácil e digerível. Solucionável.
Esse comportamento facilita a decomposição dos alimentos, inclusive os mais pesados como as gorduras e vitaminas oleosas. A digestão dos desafios da vida. A leveza e gostosura da superação. Os olhos que brilham (sem necessitar de palavras) e transbordam a felicidade. Felicidade não se conta ou explica, se irradia através dos olhos, dos poros.
Atitudes negativas, de não querer enxergar os desafios, de não se preparar para enfrentá-los, tornam os desafios ainda maiores, dificultando todas as funções do fígado, vesícula e visão. Tudo fica indigesto, mais difícil de enxergar.
Felizmente, o fígado possui uma grande capacidade de regeneração, qualidade intensificada em pessoas mais flexíveis às mudanças e com facilidade de se refazerem a partir de situações difíceis.
Nessa situação, o consumo diário do limão é uma decisão sábia, pois ele será um cúmplice, uma ferramenta para a pronta recuperação desse sistema, re-ativando a harmonia metabólica do organismo. O limão, com seu sabor ácido e poder laxante, irá atuar como um desintoxicante específico. Sua qualidade "solar" irá tornar "hilária" as atitudes de acumular iras, ilusão de culpar os outros, de ser vítima e de se apegar ao não soltar e ao não "enxergar".
Metafisicamente, os distúrbios do fígado são provenientes do hábito de se queixar com amargura e rabugice apenas para se iludir (resistir às mudanças, ao próprio poder), de pensamentos agoniados, plenos de raiva, medo e ódio de situações do passado. Revela um não querer ENXERGAR ou enxergar-se. Simples, não?
Já ouviu alguém falar: A raiva me cegou! Diante do medo me deu um branco! Era tanto ódio que não conseguia enxergar!
Vamos trocar? Vamos sair dessas defesas? Vamos nos imaginar com um óculos "cor-de-rosa"?
As afirmações adequadas para iniciar o processo de cura de fígado, vesícula e visão, segundo a Louise L. Hay em seu livro Cure seu Corpo (editora Best Seller), são:
- "Liberto o passado e avanço para o futuro." Ou seja, só tenho olhos para o futuro. Enxergo meu futuro de forma iluminada.
- "Adapto-me com doçura ao fluxo da vida. Faço as pazes com o meu passado".
Perceberam porque chamo meu site de Doce Limão?
Os agentes físicos que causam dano ao fígado, vesícula e visão são: álcool, fumo, café, chá (exceto o verde e os de ervas), chocolate (diferente do cacau in natura que é um superalimento), excitantes, açúcar branco, adoçantes artificiais, alimentos refinados, produtos químicos sintéticos, gordura animal, frituras e alimentos muito industrializados.

-----------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor