chá para pedra no rim -chá para pedra no rim CUR PODEROSA.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

chá para pedra no rim.

Chá de Quebra Pedra para Pedra nos Rins
A quebra-pedra (Phyllantus niruri) é uma herbácea pequena, com caule de cerca de 50 cm de altura e muito fino, ramoso e ereto. Produz folhas miúdas e ovais. As flores são minúsculas, verde-amareladas, solitárias e dispostas na parte inferior dos ramos. Já os frutos são verde e bem pequenos. O chá preparado com a planta tem sabor amargo.

O popular chá de quebra-pedra não funciona exatamente eliminando ou quebrando as pedras nos rins. Na verdade esta planta pode ajudar a impedir a formação de novos cálculos, mas apesar do nome está comprovado cientificamente que ela não quebra e nem dissolve as pedras que já estão no seu organismo.

--------------------------

Remédio caseiro para pedras nos rins.

Remédio caseiro para pedras nos rins
Um excelente remédio caseiro para ajudar na eliminação das pedras nos rins é tomar 1 copo de água de côco ou de suco de melancia de 3 em 3 horas pois eles possuem propriedades diuréticas que vão estimular a frequência urinária, facilitando a eliminação dos cálculos renais. Para o suco de melancia basta colocar algumas fatias de melancia no liquidificador, coar e beber a seguir.

Chá para pedras nos rins

Um bom chá para complementar o tratamento clínico das pedras nos rins é o de boldo com camomila e alecrim. Veja a receita:

Ingredientes

1 colher (sopa) de folhas de boldo
1 colher (sopa) de folhas de alecrim
1 colher (sopa) flores de camomila
1 xícara de água fervente
Modo de preparo

Acrescente à água fervente as plantas medicinais acima citadas, tape e deixe repousar por cerca de 15 a 20 minutos. Coe e beba a seguir. Tome de 4 a 5 xícaras deste chá por dia.

O boldo possui propriedades diuréticas, o alecrim possui propriedades anti-inflamatórias e a camomila possui propriedades calmantes e juntos eles poderão auxiliar na remoção das pedras nos rins por aumentar a diurese e ao mesmo tempo combater a inflamação causada pela passagem destas pedras pelo trato urinário.

------------------------

Pedras Nos Rins.

Pedras Nos Rins
SINTOMAS Dor intermitente irradiada a partir da parte superior das costas para o abdome inferior, geralmente aumentada ao se movimentar.
Há sangramento e cólica renal (forte dor nos rins), quando a pedra entra no ureteres. Estas dores podem durar várias horas ou dias. Há aumento da micção com pus e sangue, palidez, náuseas e vômitos. Por vezes, há febre e arrepios.
Quando você tem urina sangrenta e dor aguda na bexiga ou rins, é muito provável que você tenha pedras nos rins.
CAUSAS Pedras nos rins é um acúmulo anormal de sais minerais. Eles se formam nos rins e, durante a passagem pelo ureteres, podem se alojar ali ou na bexiga. As pedras são essencialmente compostas de oxalato de cálcio, mas fosfato, cistina, etc podem também estar presentes.
Curiosamente, um fator-chave na produção de pedras nos rins é uma deficiência de cálcio e/ou de magnésio.
Carboidratos refinados, principalmente açúcar, ajuda na formação de pedras nos rins. O açúcar aumenta no pâncreas e excreta insulina adicional, que por sua vez faz com que o rim descarregue mais cálcio na urina.
O cálcio é necessário no organismo. Se não existe suficiente cálcio na dieta, o corpo irá extrair o cálcio dos ossos, a fim de manter o nível sanguíneo de cálcio em níveis normais.
A deficiência de vitamina B6 e de magnésio também pode causar formação de pedras. Um grupo de pesquisadores da Suécia descobriu que a ingestão suficiente vitamina B6 e magnésio diariamente fez com que a formação de pedra parasse em 90% dos seus pacientes. Magnésio, como o cálcio, pode ter vínculos com o oxalato. A ingestão de vitamina B6 (10 mg por dia) reduz a quantidade de oxalato na urina.
É vital que você tenha uma dieta equilibrada de vitaminas e minerais diariamente.
Causas parciais para a formação de pedra nos rins pode incluir a desidratação (não beber água suficiente), infecções, períodos prolongados de repouso na cama, e a ingestão rara de vitamina D e cálcio.
Muita comida, incluindo alimentos formadores de ácido, especialmente carne, juntamente com o produtos feitos com farinha branca, açúcar, chá, café, especiarias e vinagre, todos ajudam a produzir um excesso de resíduos nos rins.

------------------------

Pedra nos Rins e Tratamento Natural.

Pedra nos Rins e Tratamento Natural
Conforme você já deve ter compreendido lendo este site, Pedras nos Rins são acúmulos anormais de sais minerais que se cristalizam e tomam a forma de pedrinhas. Estas pedras se formam nos rins e, durante a passagem pelo ureteres, podem se alojar em qualquer parte do trato urinário e na bexiga. As pedras são essencialmente compostas de oxalato de cálcio, mas ácido úrico, cistina e outros componentes podem também estar presentes.
Muitos se perguntam se existe algum tratamento natural que efetivamente funcione para eliminar pedra nos rins.

A primeira informação que você deve compreender é a importância da água. Durante uma crise renal é proibido que a pessoa tome água, pois a ingestão de líquidos durante este período pode causar complicações no quadro e aumentar as dores. Antes ou após um período de crise (ou cólica) renal, deve-se sim ingerir muita água. O consumo regular de água é fundamental para manter o bom funcionamento dos rins. A água pode ajudar no tratamento e também a evitar a formação de novas pedras nos rins. Recomenda-se o consumo mínimo de 1 a 2 litros de água todos os dias.

Existem diversos chás diuréticos (cabelo de milho, tomateiro, chapéu de couro, folha de abacateiro, etc) que também podem ajudar, mas que sozinhos não conseguem resolver o problema.

Receitas caseiras como por exemplo abacaxi com coca-cola, água quente com suco de limão, suco de melancia com gengibre, laranjada com chá de alpiste, entre outras que passam de geração em geração, podem além de não funcionar, ainda agravar o problema.

O tratamento natural de pedra nos rins pode ser feito com o uso daquilo que realmente funciona e não vai causar danos ao seu organismo. Os únicos tratamentos naturais que mostram resultados em testes clínicos e laboratoriais são:

1 - Chá de Quebra pedra - Este chá não funciona exatamente como prega a crença popular, quebrando as pedras dos rins. O chá de quebra pedra não quebra e nem dissolve pedra nos rins, apenas ajuda a evitar que os cálculos se formem. Mas no caso da prevenção pode ser uma boa opção, comprovada clinica e cientificamente.

2 - ROWATINEX - Não é recomendado para pedras com mais de 4-5mm. Mas no caso de pedras com tamanhos menores, pode ser uma boa opção de tratamento. Este produto fitoterápico estimula o fluxo urinário e lubrifica o trato urinário, auxiliando que a pedra seja expelida juntamente com a urina. Também possui ação comprovada clinica e cientificamente.

3 - Suplemento NQI - Apesar de não ser um produto específico para esta finalidade, este suplemento elaborado com uma combinação de fosfatos, parece diluir ou dissolver as pedras de forma imperceptível e indolor. No caso de pedras com mais de 6mm, pode ser uma boa opção, comprovada clínica e cientificamente. Este produto também é bastante utilizado na prevenção de cálculos renais por impedir a deposição e a cristalização de minerais no organismo.

Saiba mais ...

sobre litotripsia

sobre o laser

sobre dissolver cálculo renal

sobre urina

sobre fimose

sobre vasectomia

sobre DST

sobre cálculo urinário

sobre próstata

sobre PSA

sobre ereção

sobre cólica renal

sobre cálculo coraliforme

sobre urina com cheiro forte

Gostou dos Artigos deste site? Foram úteis para você? Ajude a divulgar a CRORG.
Faça sua doação
para a CRORG

A CRORG conta com o apoio de médicos, nutricionistas, biólogos, bioquímicos, terapeutas e profissionais da área de saúde comprometidos com o bem estar e o aumento da qualidade de vida da população brasileira.

IMPORTANTE: Cuidado com as receitas caseiras, não coloque sua saúde em risco.

O mais importante é que as pessoas sempre busquem informação, conheçam as opções de tratamento que podem ser utilizadas com segurança e juntamente com um profissional de sua confiança iniciem o quanto antes o seu tratamento.

O bom profissional de saúde que atende a pacientes litiásicos em sua prática clínica deve conhecer as diversas formas de tratamento e constantemente atualizar seus conceitos a fim de oferecer o melhor para cada caso em particular.

Após a eliminação do cálculo, é necessário insistir nas medidas preventivas para evitar ou minimizar recorrências.

-----------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor