chá para prisão de ventre -chá para prisão de ventre emagrece até 17kg.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

chá para prisão de ventre.

Medidas naturais para acabar com a prisão de ventre
Pelo menos um, em cada cinco brasileiros, tem dificuldades eventuais ou persistentes na função intestinal. Prisão de ventre para os leigos, constipação intestinal para a medicina, o fato é que, quando o intestino não funciona adequadamente, acontece muito desconforto, além de prejuízos à saúde. Ficando por mais tempo no intestino, há mais absorção de toxinas pela mucosa intestinal que acabam sobrecarregando os sistemas enzimáticos do fígado. As fezes ficam mais endurecidas, porque a mucosa intestinal também absorve água demais, tornando-as ressecadas, gerando dor e desconforto no momento da evacuação.
Substâncias tóxicas como compostos sulfurados e nitrogenados gerados por bactérias no interior intestino, ficam mais tempo em contato com a mucosa intestinal. Essas substâncias são carcinogênicas, ou seja, podem causar câncer de intestino. As fezes duras e ressecadas tornam a pressão no interior do intestino muito grande, propiciando o aparecimento de herniações da mucosa, na forma de sacos, chamados de divertículos.
Esses últimos, depois que aparecem, podem causar dor, inflamação e até uma infecção séria. Por isso todos sabem da importância de ter um intestino saudável. Mesmo assim prisão de ventre continua sendo um dos problemas mais freqüentes que as pessoas enfrentam.

--------------------------

Livre-se da prisão de ventre e desinche a barriga.

Livre-se da prisão de ventre e desinche a barriga
Você já nem se lembra qual foi sua última ida ao banheiro? Intestino de mulher é coisa complicada mesmo. Cheio de caprichos, fica preguiçoso ao menor sinal de turbulência emocional - medo de perder o emprego, ciúme do namorado, desânimo com os quilos a mais. Pode também desandar. A prisão de ventre, porém, é a queixa mais frequente. Além do óbvio desconforto, o acúmulo de gases infla a barriga e derruba o visual.Tudo o que mulher nenhuma quer, certo? Será que existe algo de novo no front para atacar o mal? O que há, na verdade, é um estudo de fôlego que confirma o que já se suspeitava: incluir atividade física na rotina provoca efeitos mecânicos no intestino, aumentando o fluxo sanguíneo em toda a região abdominal, melhorando o tônus muscular e favorecendo, assim, os movimentos que fazem o órgão funcionar todos os dias. A megapesquisa, conduzida pela Oxford University, na Inglaterra, estudou o estilo de vida de 20630 homens e mulheres e comprovou a influência dos exercícios para um bom ritmo intestinal. Estes são os quatro melhores:

1. Pular corda. Vinte minutos é o suficiente para aumentar o fluxo sanguíneo para o intestino. Se você estiver fora de forma, suas pernas e joelhos vão se ressentir. Por isso, comece a pular um pouco por dia sobre um tapete macio, para amenizar o impacto, e vá aumentando o ritmo gradativamente. Também vale pular sobre uma minicama elástica (sem a corda, claro!)

2. Caminhar rapidamente. O tempo ideal para movimentar os órgãos do trato digestivo fica entre 35 e 45 minutos.

3. Praticar ioga. As melhores posturas são as que contraem o abdômen e as flexões para a frente.

4. Ficar de cócoras. Nessa posição - e com o tronco curvado para a frente o máximo que puder -, você "acorda" o intestino. Algumas práticas, como a ioga e a ginástica natural, exercitam esse movimento, mas você pode fazê-lo em casa uma vez por dia, durante mais ou menos um minuto.

------------------------

É verdade que os iogurtessão úteis para esses casos?

É verdade que os iogurtessão úteis para esses casos?
Sim. Eles e os leites fermentados podem ajudar, desde que contenham probióticos (bactérias do bem) e sejam consumidos regularmente. "Estudos mostram que os probióticos facilitam o trânsito intestinal", afirma a nutricionista Patricia. Como nem todos os produtos lácteos contêm probióticos, leia atentamente os rótulos para não comprar gato por lebre.

O que tem que ser evitado à mesa?
Produtos refinados, pois são pobres em fibras, fermentam e produzem gases. Açúcar também - ele colabora para o aumento de microrganismos nada benéficos, como fungos e bactérias nocivas. Já as proteínas animais (como carne e queijo) devem entrar com moderação. Além de terem baixo teor de fibras, elas acidificam o pH do intestino, dificultando o funcionamento dele. Alimentos gordurosos, com poucas fibras e muitas calorias, fazem o mesmo e os muito apimentados irritam a mucosa intestinal - tenha cautela!

Posso recorrer aos laxantes?
Tome medicamentos somente sob orientação médica. A maioria deles destrava na marra o intestino, irritando o órgão e agravando o problema. Eles podem, ainda, condicionar o organismo e, a longo prazo, param de fazer efeito. Porém, um suco natural laxativo com ameixa dá uma força: deixe 4 ameixas em 1/2 copo de água à noite. No dia seguinte, coloque as frutas e a água no liquidificador, junte 1 laranja sem casca cortada em quatro e 1 colher (sopa) de farelo de trigo. Bata bem antes de beber.

Malhação contribui?
Sim. A atividade física, principalmente aeróbica (caminhada, corrida, natação, bicicleta etc.), estimula o movimento peristáltico (do intestino), que expulsa o bolo fecal. O ideal é praticar todo dia, por meia hora. Caso não seja possível, faça, pelo menos, três vezes por semana.

Qual o perigo de segurar a vontade de ir ao banheiro?
As fezes voltam ao intestino e ficam mais ressecadas e volumosas, criando maior dificuldade na evacuação. Quando esse comportamento se torna repetitivo, o organismo se adapta a um bolo fecal maior e passa a não mandar o sinal para ir ao banheiro. Com a mudança na alimentação, uso de probióticos, ingestão adequada de líquidos e aumento de exercício aeróbico, a tendência é que a atividade do intestino melhore muito. "Caso, ainda assim, a vontade não apareça, recomendase fazer uma tentativa sempre num mesmo horário e esperar um pouco", diz Luciana Lobato, gastroenterologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Essa espera, porém, não deve ser longa - até uns dez minutos. Mais do que isso, favorece o aparecimento de hemorroidas.

------------------------

Frutas que fazem o intestino funcionar.

Frutas que fazem o intestino funcionar

Além dos tradicionais, ameixa e mamão, muitas outras frutas ajudam a fazer funcionar o intestino, incluindo figo, uva, laranja, tangerina, damasco, caqui, pêssego, jabuticaba, morango, nêspera, abacate, tamarindo, abacaxi e manga. É sempre bom comer pelo menos uma a duas frutas que ajudam o intestino, todos os dias. Ainda na alimentação vale ressaltar o papel dos laticínios fermentados, que ajudam a repor a flora intestinal normal composta de bactérias, chamadas de lactobacilos. Essas bactérias reduzem a formação de compostos tóxicos no intestino, além de estimular a peristalse, ou seja, os movimentos fisiológicos do intestino que impulsionam as fezes. Pessoas que tem redução da flora intestinal normal desenvolvem sintomas digestivos, incluindo prisão de ventre. Lactobacilos podem ser encontrados no iogurte natural, mas também existem na forma de alimentos funcionais, como o Yakult ou em cápsulas.

Chás que normalizam o intestino

Muitos chás podem ajudar a normalizar o intestino. Entre uma grande posibilidade de chás podemos citar: o boldo (Peumus boldus), carqueja (Bacharis trimera), transagem (Plantago major), alcachofra (Cynara scolimus), malva (Malva officinalis), bardana (Arctium major), agoniada (Himathathus lancifolius) e sabugueiro (Sambucus nigra). Podemos misturar dois ou três desses chás para ter um composto mais eficiente. Existem plantas usadas como chá para prisão de ventre, que possuem substâncias conhecidas como antraquinonas, tais como o sene (Cássia angistifolia) ou a babosa (Aloe vera). Essas plantas podem ser usadas pontualmente para um episódio mais intenso de constipação, mas não para o dia-a-dia, porque fazem mal ao intestino dessa maneira.

Hidrocolonterapia

Para aqueles que são resistentes a todos esse cuidados citados, existe um tratamento chamado de hidrocolonterapia. Nele o intestino recebe uma série de lavagens, em intervalos regulares (em geral a cada 15 dias), fazendo com que recupere a sua capacidade de reagir e recuperar seus movimentos normais – a peristalse. A hidrocolonterpia ainda ajuda a eliminar bactérias ruins, e com isso vai permitir a renovação da flora intestinal.

Existem ainda outras alternativas para as pessoas resistentes, e que não gostam das lavagens intestinais de rotina. Massagem na barriga, e exercícios abdominais estimulam a peristalse que impulsiona as fezes com mais eficiência, ajudando a normalizar o ritmo intestinal. Várias medicinas tradicionais como acupuntura, homeopatia e medicina ayurvédica possuem tratamentos específicos para constipação intestinal, que podem ser associados às medidas básicas, para tratar as pessoas mais resistentes.

-----------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor