Dieta certa -Dieta certa emagrece até 17kg.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

Dieta certa.

A dieta certa para cada idade
20, 30, 40, 50 anos ou mais: cada faixa etária exige nutrientes diferentes. Descubra qual a dieta ideal para você
Para emagrecer com saúde, adote nutrientes que o corpo necessita em cada fase da vida. Conheça o menu ideal para você e enxugue até 20 kg em 20 dias.

20 anos

1º dia

Café da manhã

1 copo pequeno de leite desnatado (200 ml)
1 xícara pequena de café
½ pão francês
1 colher de chá de margarina light
1 maçã pequena

Lanche da manhã

1 copo de chá de ervas (200 ml)
2 biscoitos de aveia e mel

Almoço

2 colheres de sopa de arroz integral
1 bife de alcatra magra (60 g) grelhado
1 prato de sobremesa de alface temperada com 1 colher de chá de azeite para temperar a salada
3 colheres de sopa de vagem cozida
1 laranja pequena

Lanche da tarde

1unidade de bombom alpino dark
1 copo de chá de ervas (200 ml)
2 bolachas cream craker integral
1 colher de sobremesa de queijo cottage cremoso

Jantar

2 colheres de sopa de arroz
1 filé de frango (80 g) grelhado
1 prato de sobremesa de escarola crua
2 colheres de sopa de abobrinha cozida
1 colher chá de azeite para temperar a salada
1 colher de chá de óleo de soja para preparar os alimentos
½ unidade pequena de mamão papaia

Lanche noturno

1 copo de chá de ervas (200 ml)
2 bolachas cream craker integral

--------------------------

A dieta certa para cada idade.

A dieta certa para cada idade
Perca peso e ganhe saúde com atitudes e alimentos adequados para cada etapa da vida

Para estar em paz com a balança e ter saúde de ferro, basta seguir uma alimentação equilibrada e fazer ginástica, certo? Errado. Além disso, é fundamental saber o que é adequado fazer (e comer) em cada fase da sua vida.

Um estudo americano mostra que comer direito e na hora certa faz você apa-rentar até 27 anos a menos do que sua idade real. A pesquisa foi feita pelos médicos Michael Roisen e John La Puma, autores do livro A Dieta da Idade Verdadeira (ed. Campus).

A nutricionista Viviah de Andrade, de São Paulo, dá a lição: "O segredo é fazer boas escolhas ao longo do tempo". Leia as dicas da especialista e siga o cardápio certo para sua idade. Ele emagrece e rejuvenesce!

Como se manter sempre jovem

Hortaliças
Cinco porções diárias de vegetais descontam seis anos da idade cronológica.

Molho de tomate
Fortalece a proteção do organismo.

Sem sal
Punhados de ervas dão mais sabor aos alimentos. Diminuir o sal na comida resulta em três anos a menos na idade.

Frutas à vontade
Evite guloseimas açucaradas: troque-as por frutas. Com quatro porções ao dia, você diminui sua idade em quatro anos.

A nutricionista Teresa Labanca, Coordenadora de nutrição do Hospital Balbino, no Rio de Janeiro, preparou um cardápio para ajudar a emagrecer em todas as fases da vida. Confira o melhor para a sua idade.

------------------------

A dieta certa.

A dieta certa
Descubra os segredos de uma dieta bem-sucedida e não desista no meio do caminho
Quantas vezes você já prometeu para si mesma "nessa segunda feira, começo a dieta"? E quanto tempo você conseguiu manter-se nela? Mudar qualquer hábito é difícil, inclusive os hábitos alimentares. Começar uma nova dieta, no entanto, não precisa ser um desafio, mas também cabe lembrar que nenhum costume é mudado da noite para o dia. É preciso ter paciência, perseverança e seguir as dicas que damos nesse artigo para tornar sua nova dieta muito mais prazerosa.

Para uma nova dieta não ser um sofrimento, ela precisa fazer parte do dia a dia da pessoa. Para quem não está acostumado a um determinado estilo de vida, as mudanças são sempre desafiadoras. Segundo a nutricionista Vanessa Câmara, "hábitos alimentares são formados desde a infância e são moldados pelas experiências pessoais e sociais. O ser humano aprende a se alimentar no cotidiano da cultura que pertence e assim se habitua e aprende a selecionar seus alimentos. Eles podem ser modificados ao longo da vida, mas não é um processo rápido e por isso muitas vezes pode ser difícil para algumas pessoas. Muitas podem ser as motivações para a mudança dos padrões alimentares: pressões da indústria alimentícia com ações em marketing de alimentos necessidade de ser aceito por pessoas a constatação de uma doença desejo de ter uma vida mais saudável. A motivação correta irá ajudar no processo de mudança".

Para ser possível, de fato, continuar uma dieta, é preciso ter, além da motivação, objetivos plausíveis e alcançáveis. "Para algumas pessoas a mudança é mais difícil do que para outras, especialmente quando pensam que essas alterações trarão benefícios apenas em longo prazo, num futuro distante. Por isso é interessante que se tenha em mente objetivos reais, que possam ser alcançados em curto prazo, como por exemplo, uma perda de peso menor porém continuada por vários meses. Uma outra maneira de tornar a mudança mais agradável é utilizar os alimentos já conhecidos e que pertencem ao seu hábito juntamente com os alimentos novos e desconhecidos, transformando o alimento desconhecido em algo familiar. Já existem no mercado diferentes alimentos semipreparados que podem auxiliar neste processo de mudança", sugere Vanessa.

Sim, nós temos paladar, comemos por prazer. Mas, para a nutricionista, o prazer não necessariamente precisa ser algo destrutivo. "Nós comemos por prazer, não apenas para satisfazer nossas necessidades biológicas, mas isso não deve ser algo ruim. Também devemos nos alimentar pelo prazer de estarmos cuidando da saúde! A sua motivação interna será muito importante para que consiga realizar mudança de hábitos e, assim, melhorar a sua saúde. Trata-se de um investimento na sua vida pessoal e social. Para não sofrer durante o processo de educação alimentar é importante que as mudanças sejam incorporadas aos poucos, uma de cada vez, no seu dia a dia. Não tente realizar algo que seja muito difícil de fazer, isso será desestimulante. Procure um nutricionista e ele irá preparar você para essa 'mudança de hábito'", argumenta.

Além das dicas citadas, Vanessa Câmara ainda dá mais alguns conselhos que podem te ajudar a manter firme a forte a nova dieta, sem desistir no meio do caminho. Veja a seguir:
Tempere: adicione os temperos naturais de costume em alimentos que deseja incorporar a um padrão de vida mais saudável. Use mais os temperos naturais como salsinha, cebolinha, alecrim, manjericão, coentro para substituir os prontos que são ricos em sódio. É possível comprar as mudas em vasos e tê-las em casa quase pelo mesmo preço, assim você pode manter sua própria hortinha e as hortaliças irão durar meses.

Compras: Procure conhecer no supermercado que você frequenta quais são os alimentos disponíveis que podem te ajudar no preparo da uma refeição saudável. Existem muitos produtos saudáveis e práticos como saladas prontas já higienizadas, frutas já fatiadas (atenção na higiene), alimentos cozidos em conservas como grão de bico, milho, ervilhas, seleta de legumes - escolha os que contêm menos sódio.

Carnes: Já existem vários açougues e supermercados que disponibilizam os peixes limpos, as carnes cortadas em bife ou próprias para o strogonoff, ou ainda os bifes em rolés já recheados – atenção na qualidade higiênica.

Suco express: Você pode bater frutas no liquidificador (com um pouco de água se for necessário) e colocar em forminhas de gelo, e quando desejar você terá cubinhos de frutas para preparar um suco bem rapidinho.

Detalhes importantes: procure realizar os encontros com os amigos em lugares que possibilitem você fazer escolhas mais saudáveis fique atento ao tamanho das porções que você está consumindo, hoje elas estão cada vez maiores, desnecessariamente.

------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor