Dieta gracie -Dieta gracie faz emagrecer 17kg.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

Dieta gracie.

Dieta Gracie foi feita para manter o físico de lutadores

Não é à toa que a família Gracie é uma referência do Jiu-Jitsu no Brasil. Os membros descendentes de Carlos Gracie foram criados não apenas com os ensinamentos da arte marcial, mas também com uma dieta que, segundo ele, garantiria sua saúde plena. A chamada Dieta Gracie não tem o foco voltado para emagrecimento imediato, mas para um corpo adequado para a vida toda.

O princípio básico é combinar os alimentos e substâncias certos para manter o pH corporal sempre equilibrado. Dessa maneira, o organismo conseguiria combater radicais livres, responsáveis por doenças degenerativas e pelo envelhecimento precoce. Por meio de uma tabela de alimentos divididos em seis grupos, os seguidores da dieta sabem quais tipos devem ser combinados e quais não devem.

A ingestão de bebida alcoólica e o consumo de gordura com açúcar, alimentos ácidos combinados com outras comidas e cereais misturados devem ser evitados. As frutas exercem um papel importante nesse regime, que também usa os chás como parte importante do processo. Além disso, a Dieta Gracie estabelece que o intervalo entre uma refeição e outra deve ser de, no mínimo, quatro horas – ou quando o estômago estiver vazio.

--------------------------

A DIETA GRACIE.

A DIETA GRACIE

A seguir, um excerto do livro "Gracie Jiu-Jitsu", do Grande Mestre Helio Gracie.

"Depois do divórcio de nossos pais, Carlos assumiu a liderança entre os irmãos. Primeiro professor e lutador da família, passou a ser nosso orientador. Quando mostramos nossas habilidades dentro do ringue como lutadores e professores, Carlos pôde nos confiar outras tarefas relativas ao ringue e passou a dedicar mais tempo a estudos esotéricos. Mergulhou numa variedade de assuntos relacionados à mente, ao corpo e ao espírito.

Carlos logo entendeu a relação fundamental entre saúde e performance no esporte. Para que estivéssemos prontos para defender o nome da família contra todos e a qualquer hora, era importante nos mantermos saudáveis. Essa foi sua maior motivação para se aprofundar no estudo da nutrição e do efeito dos diferentes alimentos no corpo humano. Percebendo que alimentos diversos podem causar reações químicas diferentes no organismo, Carlos focou seus estudos na combinação dos alimentos. Acreditava que, a cada refeição, os alimentos ingeridos deveriam "combinar" a fim de desencadearem reações químicas favoráveis. O objetivo principal era evitar a acidez do sangue para facilitar o processo digestivo, que é a atividade do corpo humano que requer maior consumo de energia. Embora nunca tivesse tido uma educação formal em Nutrição, Carlos se debruçou sobre o trabalho de inúmeros especialistas do mundo inteiro. Usando a si mesmo e a família como cobaias, dedicou sessenta e cinco anos de sua vida ao desenvolvimento e aperfeiçoamento da Dieta Gracie. Com o passar do tempo, testemunhei resultados surpreendentes do seu regime nutricional.

Quando se é jovem, aos vinte, trinta ou quarenta anos, é difícil sentir os efeitos dos hábitos alimentares indevidos. Escritas por jovens de aparência saudável, muitas dietas modernas alcançam credibilidade com base somente na teoria. Mas, se você está com quarenta anos e começa a seguir a dieta da moda, como vai saber o efeito dela sobre o seu organismo daqui a trinta ou quarenta anos? É impossível para os gurus de hoje provar a validade das suas teorias a longo prazo. Eles simplesmente não tiveram tempo suficiente para isso. O ideal é se informar sobre a dieta de alguém que conte setenta anos e que tenha seguido tal dieta por pelo menos trinta para, assim, poder comprovar a validade dos resultados prometidos. Infelizmente, não existem muitas pessoas saudáveis com setenta anos nos dias de hoje. No entanto, assim como temos demonstrado a eficácia de nosso sistema de autodefesa com fatos e não com teorias, sou a prova viva de que a Dieta Gracie funciona. Tenho seguido essas combinações alimentares por mais de setenta anos e hoje, com mais de noventa, desfruto de ótima saúde mental e física, o que me permite, entre outras coisas, continuar a ensinar e treinar.

Quero agradecer a influência positiva que recebi do meu querido irmão Carlos Gracie, que foi como um segundo pai para mim. Com ele aprendi os princípios filosóficos e os conceitos sobre saúde que sigo até hoje, assim como o jiu-jítsu japonês, que me serviu de base para desenvolver o Gracie Jiu-Jitsu – a arte marcial mais completa do planeta."

Para receber instrução detalhada, por meio de fotografias, em mais de 100 técnicas de autodefesa e conhecer a história da Família Gracie e o desdobramento completo da Dieta Gracie – incluindo tabelas de combinação dos alimentos e uma sugestão de menu semanal – solicite hoje sua cópia do livro "Gracie Jiu-Jitsu".

------------------------

Conheça a dieta Gracie.

Conheça a dieta Gracie
Os segredos da alimentação que já garantiu várias gerações de campeões

Base de toda uma família de campeões, a dieta adotada pelo clã Gracie é tida por todos os eles como um dos pilares para o bom rendimento dos atletas.

Carlos Gracie, criador da dieta e pioneiro no treinamento de jiu-jitsu no País, uniu em tabelas quais alimentos "combinavam" entre si e quais não deveriam ser consumidos juntos. O resultado foi uma dieta rica em alimentos naturais como frutas, verduras, legumes e pobre em gorduras e frituras.

Esse ajuste evitaria o excesso de acidez no sangue e facilitaria a digestão, resultando em um melhor funcionamento do organismo e, consequentemente, em mais saúde e longevidade.

"A dieta consiste em não envenenar o corpo, não deixá-lo doente e estabelecer uma combinação adequada dos alimentos. O objetivo principal é manter o pH das refeições o mais neutro possível, equilibrando as substâncias por meio da combinação certa", explica Kyra Gracie, pentacampeã mundial de jiu-jitsu e uma das representantes da nova geração de lutadores da família.

Leia: Os benefícios da dieta de baixa acidez

Carlos buscava informações sobre nutrição em estudos especializados e foi o primeiro a adotar o novo hábito, seguido pelo irmão, Hélio Gracie. O primeiro viveu até os 92 anos e o segundo até os 96 – e ainda praticante do esporte, garantem os familiares. É à alimentação que os Gracie atribuem o atual biótipo da família – todos altos e musculosos – bem longe dos 1,60m e 63kg do patriarca.

Na dieta, os cereais não se misturam, gordura nunca é consumida com açúcar e as refeições devem ser feitas de quatro em quatro horas, a fim de dar tempo ao estômago para ficar vazio.

"É para quem quer ter um corpo saudável, independente de ser atleta ou não", frisa Gregor Gracie, bicampeão mundial de jiu-jítsu.

------------------------

Seguir a dieta Gracie é um bom caminho.

Seguir a dieta Gracie é um bom caminho
Pensando nos leitores deste blog, resolvi inserir uma seção sobre a filosofia da arte suave. Este esporte vai além dos tatames, é algo como uma religião, descanso, boa alimentação e a paz espiritual caminham lado a lado para uma boa performance na luta.

Carlos Gracie

A família Gracie é conhecida por suas conquistas nas Artes Marciais e estabeleceu o Jiu Jitsu Gracie no Brasil em 1925. Eles atribuem seus extraordinários sucessos a um regime nutricional restrito que é o resultado de 65 anos de pesquisas e experimentação por parte do Grande Mestre Carlos Gracie.
A Dieta Gracie é baseada em comer alimentos naturais, combinando-os de forma a permitir sua mais eficiente digestão. A dieta foi desenvolvida para promover o maior nível de saúde através da prevenção de reações químicas prejudiciais no processo digestivo, tais como acidez e fermentação.
O Básico da Dieta Gracie

Rorion Gracie, autor do livro sobre a dieta, diz "A Dieta Gracie não é um programa rápido de perda de peso. Na verdade, ela não deve nem ser chamada de dieta já que não proíbe a ingestão de nenhum alimento. A Dieta Gracie se concentra na educação alimentar e reprogramação dos seus hábitos alimentares. Ao reestruturar esses hábitos, uma dieta saudável vai naturalmente se tornar parte do seu estilo de vida".
Para mudar sua dieta, você primeiro deve estabelecer um ponto de base para ajudá-lo a entender mais sobre seu comportamento diante da comida, o que é feito através de um questionário. Suas respostas vão lhe fornecer uma compreensão maior sobre o que, quando e como você come, para a partir daí auxiliá-lo a identificar as atitudes positivas que você deve tomar para melhorar sua dieta.
Pequenas mudanças são as mais fáceis de concretizar. Por isso, lhe será dado muito tempo para se ajustar gradualmente enquanto você aprende a incorporar os princípios da Dieta Gracie em sua rotina diária. Você deve passar uma semana em cada fase antes de passar para a próxima fase, de modo que a sua transição seja suave e sem grandes impactos.

-----------------------------

Fases da Dieta Gracie.

Fases da Dieta Gracie

Fase 1
Envolve dar um intervalo de, no mínimo, 4 horas e ½ entre as refeições e comer apenas 3 vezes ao dia. Isso é importante porque as reações químicas resultantes do consumo contínuo de alimentos antes da digestão estar completa aumenta a fermentação e acidez do sangue. Na Dieta Gracie você deve abandonar o hábito de fazer lanchinhos e se limitar a beber água no intervalo entre as refeições.

Fase 2
Envolve eliminar sobremesas e refrigerantes. Mais tarde lhe será permitido comer sobremesas, mas o desafio nessa fase é aprender quando e como comê-las. Se você ainda se sentir com fome após as refeições, você não deve comer sobremesas e, ao invés disso, ingerir mais uma porção da sua refeição. Você pode comer frutas, mas como parte de uma das três refeições do dia, nunca como sobremesa ou lanche.

Fase 3
Nessa fase você aprende a não misturar diferentes tipos de amido na mesma refeição. Por exemplo, se a refeição contém pão, então você pode ingerir outro alimento à base de trigo, tal como macarrão, mas não pode comer outro tipo de amido, como arroz ou batatas.
Uma vez que você passou pelas 3 fases, você aprende os detalhes mais finos da dieta, que envolvem combinações bastante específicas de alimentos.

------------------------------

Dicas da Dieta Gracie.

Dicas da Dieta Gracie
Regra básica sobre carboidratos
• Nunca combine trigo ou arroz ou batata uns com os outros, eles não combinam entre si. Isso quer dizer que você não deve comer macarrão se houver arroz ou batata na sua refeição; não deve comer purê se houver arroz ou pão na sua refeição; e assim por diante.
• Milho combina bem com outros amidos (por exemplo, milho e seus derivados combinam com pão, massa, arroz e batata)
• Banana não combina com pão! Por isso, se for comer banana no café da manhã, esqueça o pão com manteiga ou a torrada.
Alimentos que devem ser ingeridos sozinhos
Alguns alimentos não combinam com outros, e devem ser ingeridos sozinhos. Carlos Gracie, criador da dieta Gracie, se referia a eles como alimentos do Grupo D.
Depois de comer algum dos alimentos do Grupo D, você deve esperar 3 a 4 horas para seu corpo digeri-lo antes que você possa comer outra coisa.
Os alimentos do Grupo D são:
• Maçã
• Damasco
• Cereja
• Groselha fresca
• Uva (se for ácida)
• Pêssego
• Pêra (se for ácida)
• Ameixa (se for ácida)
• Amora
• Framboesa
• Morango
• Manga
• Abacaxi
• Cidra
• Nêspera
• Romã
• Marmelo
• Toranja (grapefruit)
• Limão
• Laranja
• Tangerina
• Leite com acidophilus, ou Yakult
• Kefir
• Coalhada
• Iogurte
Importante: os alimentos individuados na lista acima NÃO combinam com nenhum outro alimento e nem uns com os outros! Isso significa que você não deve fazer suco misturando essas frutas, nem tomar sucos dessas frutas com suas refeições, e tome cuidado com saladas de frutas!

------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor