Dieta para enxaqueca -Dieta para enxaqueca Cura na hora.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

Dieta para enxaqueca.

Dietas para enxaquecas
Alguns alimentos possuem substâncias que podem deflagrar crises de enxaqueca, principalmente aqueles com compostos que atuam diretamente sobre os vasos sanguíneos:
· Tiramina (ex: queijo envelhecido, carnes)
· Feniletilamina
· Nitritos (ex: cachorro-quente)
· Glutamato monossódico
· Álcool
A dieta representada abaixo é recomendada para portadores de enxaqueca por eliminar substâncias que podem deflagrar ataques ou crises deste tipo de dor de cabeça. Seguir à risca esta dieta pode não eliminar a ocorrência de crises, mas em muitos pacientes irá promover uma diminuição da frequência dos episódios dolorosos.

--------------------------

Dieta anti-enxaqueca.

Dieta anti-enxaqueca
Sofro de enxaquecas e ouvi dizer que há certos tipos de alimentos que podem favorecer o seu aparecimento, como o queijo. É verdade? E o café? Por vezes, parece que sinto dores de cabeça por não o ter tomado. Há alimentos que me aconselhe a deixar de comer?


Quando recorrentes ou particularmente intensas, as dores de cabeça devem ser investigadas para se diagnosticar o tipo e a sua causa.

A enxaqueca ocorre, em geral, após um dia particularmente intenso ou depois de um período prolongado de stress físico ou mental.

Reacções alérgicas, luzes ofuscantes, ruídos fortes, falta de sono, fumo (activo ou passivo), saltar refeições, consumo de álcool ou cafeína e o período menstrual são outras das condições desencadeantes da enxaqueca.

Os alimentos associados à enxaqueca incluem os que contêm o aminoácido tiramina (os vinhos tintos, incluindo o vinho do Porto, o xerez e os licores, a cerveja e os queijos curados, fígado de galinha e algumas leguminosas e soja), chocolate e cacau, nozes, manteiga de amendoim, frutas (abacate, banana, citrinos, figos, passas), cebolas, produtos lácteos fermentados, produtos de charcutaria que contenham nitritos (toucinho fumado, salsichas, salame, carnes processadas).

Esteja atenta igualmente às reacções provocadas pelo extracto de levedura e o molho de soja, alimentos demasiado maduros e a todos os alimentos que contenham glutamato monossódico (um aditivo encontrado em muitos alimentos e muito utilizado nos restaurantes de cozinha asiática), bem como qualquer alimento fermentado (pickles, miso), conservado ou marinado (sardinhas, anchovas).

O melhor será elaborar um diário onde registe os alimentos que lhe parecem provocar sintomas.

Faça refeições regulares, pois a fome ou o baixo nível de açúcar no sangue favorecem as enxaquecas.

A cafeína pode desempenhar um papel duplo nas enxaquecas, isto é, tanto em falta ou como demasia, pode provocar dor de cabeça, na dose certa, atenua a dor.

Se é consumidora regular, não corte radicalmente o seu consumo. A cafeína presente no café provoca uma vasoconstrição nos vasos cerebrais, com diminuição no fluxo sanguíneo e consequentemente dor.

Caso chegue à conclusão de que necessita excluir alguns alimentos da sua alimentação, é aconselhável consultar um nutricionista para evitar futuras carências nutricionais

------------------------

enxaqueca: CORTE O MAL PELA BOCA.

enxaqueca: CORTE O MAL PELA BOCA
Além dos remédios, é possível prevenir e reduzir a quantidade e a intensidade das crises por meio da alimentação. O alívio aparece, em média, depois de três meses

Enxaqueca é a mais conhecida das cefaléias - o termo técnico para dor de cabeça. Não é a única, já que a Sociedade Internacional de Cefaléia reconhece mais de 150 modalidades do distúrbio, e também não se manifesta da mesma forma para todos: há pessoas que relatam palpitações em toda a cabeça, outras, por exemplo, pontadas localizadas. Apenas um aspecto é comum: qualquer um, dos estimados 35 milhões de brasileiros que sofrem com esse problema, daria tudo para solucionálo de uma vez por todas.

Só nos últimos anos, a indústria farmacêutica lançou inúmeros medicamentos eficazes para o tratamento de enxaquecas e com mínimos efeitos colaterais. Ainda assim, há vários pacientes que não respondem satisfatoriamente às pílulas e, por isso, necessitam usar essas medicações várias vezes na semana. Se você, ou alguém próximo, faz parte desse grupo, sabe bem os transtornos que acompanham essa enxaqueca no diaa- dia (mal-estar, indisposição, enjôo, falta no trabalho), e o quanto seria bom encontrar uma forma de evitar pelo menos as crises agudas.

A boa notícia é que há sim um tratamento preventivo capaz de minimizar a necessidade de medicamento. Mas não espere um milagre ou uma saída mágica e complicada. A velha e tão recomendada alimentação saudável é um santo remédio. Quem garante a sua eficácia é o médico Alexandre Feldman, um dos maiores especialistas em cefaléias do país, membro ativo da Sociedade Americana de Cefaléia (American Headache Society) e fundador da Associação Brasileira para a Prevenção da Enxaqueca.

------------------------

Entenda a dor.

Entenda a dor
A enxaqueca é uma doença crônica, causada por uma disfunção transitória do cérebro.

A dor é geralmente do tipo pulsátil, latejante, em um lado da cabeça, acompanhada por náusea, às vezes vômitos e sensibilidade a luz e sons. Este tipo de cefaléia está presente em 10% a 20% dos indivíduos. Uma série de evidências liga o distúrbio aos hormônios sexuais femininos, estrógeno e progesterona. Por isso, ela é mais freqüente entre as mulheres (18%) do que em homens (6%). Influenciada por diversas mudanças hormonais ao longo da vida feminina, tais como, menstruação, uso de contraceptivos orais, menopausa, gravidez e terapia de reposição hormonal - em 60% dos casos as crises de enxaqueca estão ligadas à tensão prémenstrual (a TPM).

-----------------------------

PARA A TERAPIA FUNCIONAR, É FUNDAMENTAL SEGUIR À RISCA A PRESCRIÇÃO DOS ALIMENTOS A SEREM EVITADOS E INCLUÍDOS NAS REFEIÇÕES, BEM COMO A SUA QUANTIDADE E O MODO DE PREPARO.

PARA A TERAPIA FUNCIONAR, É FUNDAMENTAL SEGUIR À RISCA A PRESCRIÇÃO DOS ALIMENTOS A SEREM EVITADOS E INCLUÍDOS NAS REFEIÇÕES, BEM COMO A SUA QUANTIDADE E O MODO DE PREPARO

"Portadores de enxaqueca possuem um desequilíbrio bioquímico no cérebro, que é agravado por diversos estímulos. A alimentação é o principal deles", explica Feldman. Por esse motivo, de acordo com anos de estudo e comprovação científica, foi possível fundamentar um método para afastar as crises, totalmente baseado nos hábitos à mesa e capaz de contar o mínimo possível com a ajuda dos remédios. A regra é simples: evitar os ingredientes que desencadeiam a crise de enxaqueca e incrementar a dieta com aqueles que constituem uma alimentação saudável e balanceada.

Certas restrições alimentares são comuns a todos os casos de enxaqueca, como redução de gordura, aditivos químicos, açúcar ou adoçantes.

Mas, como cada pessoa tem seu ritmo e estilo de dieta, é fundamental, inicialmente, a pessoa fazer um registro alimentar diário, anotando os ingredientes que se repetem nos dias que antecedem as crises.

------------------------------

Alimentos no lugar de remédios .

Alimentos no lugar de remédios
Para o neurologista Mário Peres, do Centro de Cefaléia de São Paulo, "se a dor de cabeça é uma experiência de quase todo ser humano e a nutrição um elemento crucial na vida de todo ser vivo, a interação dos dois temas é natural". O neurologista também concorda que somente uma investigação particular na alimentação de cada pessoa com enxaqueca resultaria na precisão dos elementos desencadeantes das crises.

"De maneira geral, pode-se dizer que existem três grandes fatores alimentares que causam enxaquecas: o jejum, as bebidas alcoólicas e o excessivo consumo de cafeína". Além disso, há uma lista grande de alimentos provocadores de cefaléia e uma outra lista dos alimentos que ajudam positivamente na química cerebral (veja quadro na página anterior), como aqueles com alto teor de cálcio e magnésio, a vitamina B6, os ácidos graxos essenciais (ômega 3 e 6, presentes na semente de linhaça, óleo de peixe ou de prímula), e a niacina, um vasodilatador natural.
Para o médico Alexandre Feld man, autor do livro Enxaqueca, finalmente uma saída (Editora Arx), "a maior farmácia do mundo está muito mais perto do que pensamos, em nossa própria cozinha", conclui.

------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor