Acomplia -Acomplia seca até 17kg.

Emagrecedor

--------------------------

Acomplia.

ACOMPLIA D
rimonabanto

Forma farmacêutica e apresentações
Comprimidos revestidos
Cartucho com 28 comprimidos de 20 mg.

Via oral

USO ADULTO

Composição
rimonabanto ....................................................................................20 mg
excipientes q.s.p................................................................. 1 comprimido
(amido de milho, lactose monoidratada, povidona K 30, croscarmelose sódica, laurilsulfato de sódio, celulose microcristalina, estearato de magnésio, opadry II white e cera de carnaúba).

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

O rimonabanto é um antagonista seletivo dos receptores canabinóide-1 (CB1) que inibe os efeitos farmacológicos dos agonistas canabinóides in vitro e in vivo .
O sistema endocanabinóide é um sistema fisiológico presente no cérebro e nos tecidos periféricos (incluindo adipócitos) que afeta o balanço energético, o metabolismo lipídico, glicídico e o peso corporal, e que regula nos neurônios do sistema mesolímbico a ingestão de alimentos altamente saborosos, açucarados ou gordurosos.

POR QUE ESTE MEDICAMENTO FOI INDICADO?

Como adjuvante à dieta e aos exercícios para o tratamento de pacientes obesos (IMC 30 kg/m2) ou pacientes com sobrepeso (IMC > 27 kg/m2) com fatores de risco associados, como diabetes tipo 2 ou dislipidemia (ver propriedades farmacodinâmicas).

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

ACOMPLIA é contra-indicado nos seguintes casos:
- em pacientes com hipersensibilidade ao rimonabanto ou a qualquer ingrediente dos comprimidos;
- amamentação;
- em pacientes com depressão maior em atividade e/ou que estejam sob tratamento antidepressivo.

--------------------------

Acomplia - ATENÇÃO MEDICAMENTO SUSPENSO.

Acomplia - ATENÇÃO MEDICAMENTO SUSPENSO
O Acomplia, conhecido como pílula antibarriga e fabricado pela Sanofi-Aventis, é feito à base de Rimonabanto.

"O Acomplia é um remédio contra obesidade e para pessoas que têm gordura abdominal associada a doenças, como diabetes, pressão alta e excesso de açúcar no sangue, entre outras.

Publicidade

Aquelas que querem perder apenas os pneuzinhos por fins estéticos, não devem usar o medicamento", afirma Marcio Mancini, endocrinologista e Presidente da ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica).
A pílula tem contra-indicações e efeitos colaterais. Segundo o endocrinologista, ela pode causar ansiedade, náuseas e depressão, então, não é recomendada para pessoas que têm antecedentes depressivos.

"A pílula só deve ser receitada para pessoas que tenham IMC (Índice de Massa Corpórea) acima de 30. Os benefícios não são apenas na perda de peso, as doenças causadas pela obesidade melhoram muito com o uso do remédio", acrescenta o especialista.

------------------------

A longa e trágica novela do Acomplia.

A longa e trágica novela do Acomplia
Postei esta página para examinarmos a evolução de um medicamento que não deu certo! Sua proposta inicial era realizar o sonho de todas as pessoas que tivessem a Síndrome Plurimetabólica (Obesidade + Colesterol + Diabetes - veja em http://drpaulomaciel.com.br/as-medicinas/nutricao-verdades-x-mentiras/sindrome-plurimetabolica/): emagrecer (principalmente a barriga) e reduzir os índices de colesterol e glicemia, tudo ao mesmo tempo!

Mas a famosa "pílula da barriga" teve um desfecho nada honroso, que vale a pena dar uma estudada para tirarmos nossas próprias conclusões a respeito da alopatia e do nosso estilo de vida.

Minhas opiniões estarão antes ou depois das reportagens, assinalando emnegrito marrom os pontos chaves de nossa abordagem. Vamos lá:

Em 2005 começam as primeiras notícias da pílula milagrosa:

Estudo comprova eficácia do Rimonabant para perda de peso [1]

Pesquisadores belgas do Hospital da Universidade de Antuérpia publicaram um artigo na revista científica The Lancet, onde afirmam que as pessoas que ingeriram o remédio Rimonabant perderam em média 8,6 quilos em um ano. A substância consegue impedir a compulsão por comida e por conseqüência, reduzir o peso e as doenças cardíacas.

O estudo foi feito com 1.507 pessoas obesas ou acima do peso na Europa e nos Estados Unidos, sendo que 920 pessoas concluíram o tratamento em um ano e reduziram em média 8,5 cm da cintura. Todos os participantes tiveram que cortar 600 calorias de sua dieta diária.

39% dos voluntários que tomaram Rimonabant perderam 10% ou mais de seu peso em 12 meses e baixaram seus níveis de colesterol. Contudo, alguns efeitos colaterais como náuseas, tonturas e diarréias, também foram identificados.

O Rimonabant atua no sistema endocanabinóide, área do cérebro que ajuda na regulação fisiológica do equilíbrio energético, ingestão de alimentos e metabolismo de lipídios e glicose.

Observe que a pesquisa demonstrou uma perda de peso de apenas 8,6 quilos e 8,5 cm de barriga em um ano, ou seja, 715 gramas de peso e 7,1 mm de barriga por mês! Será que vale a pena tomar um remédio para conseguir estas medidas? Além disso, quem pode garantir o que acontece com uma pessoa quando uma droga interfere no seu "sistema endocanabinóide"?

------------------------

Acomplia O que é e como funciona o Acomplia Genérico?

Acomplia O que é e como funciona o Acomplia Genérico?

O Acomplia Genérico é um medicamento que ajuda a combater a obesidade, eliminar peso, e em simultâneo, ajuda as pessoas a parar de fumar enquanto dá uma sensação de saciedade. Em estudos realizados, Acomplia Genérico provou ser capaz de fazer com que os sujeitos desses mesmos estudos perdessem praticamente 10kgs. Para além destes efeitos mais visíveis, Acomplia ajuda a promover as gorduras que beneficiam o corpo humane e equilibram os níveis de colesterol. O seu princípio activo é o ribonabanto. Este bloqueia os endocanabinóides que agem como defesa natural do organismo e que gerem a quantidade de gordura a reter nas situações onde a energia extra pode vir a ser mais necessária. Na realidade o ribonabanto actua como um impedidor do aumento das células de gordura e foi desenvolvido para combater o excesso de peso e adelgaçar a figura, especialmente a abdominal nas pessoas com um IMC de 27,9 ou superior.

Efeitos secundários

A ingestão de medicamentos pode causar efeitos indesejáveis. Há semelhança do que acontece com os outros medicamentos, estes efeitos secundários podem manifestar-se logo de imediato ou algum tempo após ter tomado Acomplia Genérico. São efeitos que podem prolongar-se ou desaparecer de imediato. Se surgirem, persistirem ou se agravarem sintomas de origem psiquiátrica e depressiva o tratamento deve ser interrompido de imediato. Em qualquer dos casos não hesite em contactar rapidamente o seu médico. Os mais comuns são:

Complicações psiquiátricas
Depressão, especialmente a tratada com fluoxetina
Cansaço
Tonturas
Irritabilidade
Infecções do aparelho respiratório
Gastrite
Pressão arterial baixa
Dosagem: Acomplia Genérico é comercializado em comprimidos de 20mg.

Posologia: Acomplia Genérico deve ser ingerido uma única vez ao dia, preferencialmente durante a manhã antes do pequeno-almoço, cerca de 30mn antes. Deve tomar um comprimido de 20mg diariamente. Este deve ser ingerido inteiro e com água. Aconselhamos que consulte sempre o seu profissional de saúde antes de tomar qualquer medicamento. De acordo com o seu historial clínico, o seu médico ou farmacêutico podem aconselhar outra posologia ou medicamento. Tenha em consideração as suas indicações, especialmente no caso de ter certas condições que justificam o acompanhamento médico.

Contra indicações:

Condições psiquiátricas existentes
Condições depressivas existentes
Condições funcionais de rim ou fígado existentes
Hipersensibilidade ao ribonabanto
Acomplia Genérico é o medicamento genérico à base de ribonabanto para combater o excesso de peso e de gordura. Faça a sua encomenda com o maior sigilo, sem receitas e sem despesas de envio para Portugal.

-----------------------------

Emagrecedores

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor