Figo da india -Figo da india emagrece até 17kg.

Emagrecedor

--------------------------

Figo da india.

O figo-da-Índia é um fruto originário do México e pertence à família dos Cactus. O figo-da-Índia possui uma forma ovulada, pesa entre 150 a 170g, medindo de 8 a 9 cm de largura. Sua casca é grossa e tem pequenos espinhos, quase imperceptíveis que, em alguns lugares, são retirados da fruta no momento da colheita.

O figo-da-Índia pode ser verde, amarelo ou laranja. Este fruto possui polpa carnosa, com uma textura um pouco áspera e pequenas sementes comestíveis de cor preta. O sabor do figo-da-Índia é adocicado, um pouco parecido com a combinação entre a pêra e o melão.

Na culinária, o figo-da-Índia pode ser utilizado ao natural, no preparo de sucos ou cozido para a preparação de geléias e doces. Ele é uma excelente fonte de vitamina A e C. Cada 100 gramas de figo-da-Índia fornecem apenas 34 calorias.

O suco do figo-da-Índia tem grande utilidade, pois ajuda a aliviar o mal-estar por obstrução e é eficaz no combate as bactérias. O figo-da-Índia também tem diversas indicações, ele é recomendado para a cura de câncer, hemorróidas, gangrena, e enfermidades do fígado.

Para consumir o figo-da-Índia, pegue uma pinça de inox e queime os espinhos da casca da fruta na chama do fogão. Após retirar todos os espinhos, corte-o ao meio e retire sua polpa com o auxílio de uma colher.

Dica: Licor de Figo-da-Índia

Ingredientes: 1L de álcool de 90 vol. de teor alcoólico, 750 ml de água, 500 g de açúcar e 10 figos-da-índia picados com casca.

Preparo: Em um frasco de vidro com tampa, coloque os figos-da-Índia e o álcool e macere. Deixe descansar por 10 dias agitando às vezes. Quando o álcool ficar amarelado retire os figos. Leve os pedaços de fruta ao fogo baixo com açúcar até derretê-los. Espere esfriar volte para o frasco de álcool. Deixe por mais 20 dias mexendo às vezes e coe. Sirva gelado.

--------------------------

Figueira-da-índia.

Opuntia ficus-indica
Figueira-da-índia redireciona para este artigo. Para outros significados
Opuntia (de acordo com Alexander von Humboldt), era uma palavra oriunda do Haiti e absorvida pela língua espanhola por volta do ano 1500. É tão importante economicamente como o milho e a tequilha no México da actualidade. Como originam híbridos facilmente, a sua origem é difícil de determinar mas é sabido que o consumo humano remonta há pelo menos 9000 anos.1 Em Israel e na Palestina é muito comum e tem o nome de Sabra, sendo de consumo habitual. Por ser um fruto áspero e duro por fora, mas macio e doce por dentro, a palavra "sabra" generalizou-se para designar os judeus nascidos em Israel, em oposição aos que vieram dos países da Diáspora.2 No nordeste do Brasil já foi incluída na merenda escolar dos estudantes.3

------------------------

figo-da-Índia.

Cacto suculento, ramificado, de porte arbustivo, com altura entre 1,5–3 m, ramos clorofilados achatados, de coloração verde-acinzentada, mais compridos (30–60 cm) do que largos (6–15 cm), variando de densamente espinhosos até desprovidos de espinhos. As folhas são excepcionalmente pequenas, decíduas precoces. As flores são amarelo ou laranja brilhantes, vistosas. Os frutos são amarelos-avermelhados, suculentos, com aproximadamente 8 cm de comprimento, com tufos de diminutos espinhos. A Reprodução, faz-se por semente ou vegetativamente.
Fruto

O seu fruto é conhecido por tabaibo, figo-da-Índia ou tuna. A sua polpa é suculenta e tem alto teor de fibras, vitamina A e ferro

------------------------

Figo da Índia Saiba a que é que faz bem.

Figo da Índia Saiba a que é que faz bem
Ainda desconhecido de muitos portugueses, este fruto é rico em açúcar e contém bons níveis de potássio, magnésio, cálcio e vitaminas C, A, B1 e B2.

A nível medicinal, esta planta é utilizada no fabrico de alguns produtos farmacêuticos, que são indicados para o tratamento de doenças urinárias, das vias respiratórias e como diurético. Das sementes extraem-se um óleo muito utilizado para produtos de cosmética.

O figo da Índia consome-se em fresco, mas também como fruto seco, em sumo e em bebidas alcoólicas. Também é utilizado para extracção de corantes (fruto vermelho). No Brasil esta planta é aproveitada como forragem para depois se alimentar o gado.

Foi trazida para a Europa por descobridores espanhóis e adaptou-se bem à zona mediterrânica. O consumo desta planta começou há 9000 anos.

No Algarve e no Alentejo, os cactos crescem selvagens há séculos e serviam para delimitar as propriedades e para alimentar os porcos. As cabras e ovelhas deliciam-se com as suas folhas mas esta planta tem sido ignorada pelos portugueses.

As flores são hermafroditas (autoférteis) com pétalas amarelas ou amarelo-alaranjada. Podem existir duas florações por ano, uma na Primavera e outra no princípio de Outono, necessitando de temperaturas diurnas superiores a 20ºC.

Existem variedades de fruto brancas, amarelos (os mais apreciados), roxos e vermelhos. O fruto é uma baga ovóide de cor amarela, roxa ou vermelha, mede entre cinco a nove centímetros de comprimento e pesa cerca de 120 gramas.

Esta planta gosta de solos húmidos, arenosos, silico-argilosos, profundos, e bem drenados. E não tem grandes exigências nutritivas, adaptando-se mesmo a solos com fraca fertilidade.

-----------------------------

Emagrecedores

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor