L Prolina -L Prolina emagrece até 17kg.

Emagrecedor

--------------------------

L Prolina.

É um aminoácido usado como suplemento dietético e para estimular a síntese de colágeno no organismo (1).
A L-prolina é empregada em nutrição enteral e parenteral. É também usada para a síntese de vários compostos
farmacêuticos tais como agentes antihipertensivos. Na indústria alimentícia é usada para alimentos e bebidas para a
saúde e como flavorizante. Outros usos incluem a aplicação em cosméticos, notadamente em cremes como componentes
hidratantes. É também usada na área agrícola como um agente promotor do crescimento para vegetais e frutas(3).
Propriedades:
A L-prolina é geralmente fabricada por fermentação a partir de fontes de carboidrato e também por extração de
hidrolisados de proteína animal.
Aminoácido Glicogênico não-essencial. O passo inicial para a biosíntese da prolina é a conversão do ácido
glutâmico em semialdeído-γ-glutâmico pela ação da pirrolina-5-carboxilato sintetase. Esta ação é seguida de ciclização
espontânea com formação de pirrolina-5-carboxilato e redução em prolina pela redutase. A reação inversa é o
catabolismo da prolina. Entretanto a reação de oxidação em pirrolina-5-carboxilato é ativada pela prolina oxigenase e a
reação a partir de semialdeído-γ-glutamato em ácido glutâmico é catalisada pelo semialdeído-γ-glutamato
desidrogenase.

--------------------------

Precursor do colagénio e quelante da Lp(a), principal constituinte da placa de ateroma.

Precursor do colagénio e quelante da Lp(a), principal constituinte da placa de ateroma
A prolina é um aminoácido presente sobretudo na carne e sintetizado no organismo em determinadas condições. A prolina é o precursor único da hidroxiprolina, um intermediário indispensável à produção de colagénio, o "cimento" que estrutura a pele, as cartilagens, os ligamentos, os tendões e as artérias. A produção de colagénio diminui significativamente com o envelhecimento e está na origem de várias patologias degenerativas. A toma de suplementos em prolina é um elemento essencial quando é necessário restabelecer uma produção normal de colagénio.
Num artigo célebre editado em 1989, "Théorie unifiée des maladies cardiovasculaires", Linus Pauling explicava que a placa de ateroma não é a causa das doenças cardiovasculares, mas sim um meio posto em prática pelo organismo para reforçar as paredes das artérias, elas próprias enfraquecidas por uma falta de colagénio causada, nomeadamente, por um défice crónico de vitamina C.
Para reduzir a placa de ateroma, Pauling preconizava a toma diária de, pelo menos, cinco gramas de vitamina C e de, pelo menos, três gramas de cada um dos aminoácidos lisina e prolina. A lisina e a prolina são dois aminoácidos que quelatam de forma natural a lipoproteína (a), ou Lp(a), uma molécula "adesiva", que é o principal constituinte da placa. A prolina, tal como a vitamina C, é indispensável é produção de colagénio. Miligrama a miligrama, a prolina é pelo menos duas vezes mais eficaz que a lisina para quelatar a Lp(a).
Os estudos dirigidos depois pelo Dr. Mathias Rath confirmaram que as intuições visionárias de Pauling permitiram a milhares de pacientes evitar angioplastias e cirurgias de coração aberto.

------------------------

Aminoácidos - L-Prolina.

Aminoácidos - L-Prolina

É o maior constituinte dos aminoácidos do colágeno, gliadina e zeína. Tem sabor doce, é solúvel em água e possui uma característica única de ser solúvel em álcool também. É extremamente importante para o bom funcionamento das articulações e tendões e também ajuda a manter e fortalecer os músculos do coração.
É o principal aminoácido encontrado na cartilagem e é importante para a recuperação de músculos, tecido conjuntivo e danos à pele, além de contribuir para um sistema imunológico saudável. Em conjunto com a vitamina C, mantém as articulações e pele saudáveis.

O corpo é capaz de produzir L-Prolina, mas também pode ser encontrada em fontes naturais, como as carnes em geral. Com o envelhecimento, os níveis naturais de prolina podem diminuir, ocorrendo o enfraquecimento dos ossos e distúrbios nas articulações. A utilização de suplementos de L-Prolina podem ajudar a restaurar a fluidez nas articulações.
Juntamente com a Condroitina e Glucosamina, contribui para juntas mais saudáveis.
É indicada nos tratamentos de artrites, cicatrizações de feridas e doenças reumáticas em geral.
Deve ser evitada por portadores de insuficiência hepática ou renal grave.

------------------------

Prolina.

Prolina
A prolina é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos. Diferencia-se dos demais aminoácidos devido ao facto de possuir uma estrutura quimicamente coesa e rígida, sendo mesmo o aminoácido mais rígido dos vinte que são codificados geneticamente. A sua estrutura anelar confere-lhe ainda a classificação de iminoácido, já que a sua estrutura resulta da ligação do terminal alfa-amina (NH2) à cadeia variável alifática.

-----------------------------

Emagrecedores

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor