emagrecer de verdade -emagrecer de verdade até 17kg.

Emagrecedor

--------------------------

emagrecer de verdade.

Entendendo As Gorduras! Será Que Engordam Mesmo?
Gorduras… esse é um dos maiores tabus do emagrecimento, saúde e alimentação em geral! Você vai entender por que a mídia, erroneamente, se empenhou tanto ao longo das décadas para dar má fama à elas. Nesse artigo vou abordar curiosidades interessantíssimas que você precisa saber sobre o assunto.

Esse artigo, assim como o livro oficial Emagrecer de Vez, bate de frente com o senso comum. Mas o senso comum não é nossa prioridade, né? O site foi criado para trazer conteúdo que funciona, que faz a diferença no emagrecimento e não para massagear os ouvidos das pessoas com informações rotineiras. Foco nos resultados! Vamos em frente!

Gorduras boas e más!

Você já ouviu falar na frase: "Você é o que você come?" Essa frase tende a nos fazer acreditar que se você come gordura, você engorda. E isso é um grande mito.

Se você já ouviu o Rodrigo e eu falarmos sobre o efeito rebote da insulina (se ainda não ouviu, clique aqui), principalmente ligado aos carboidratos refinados, já sabe que isso não é bem assim, né?

Gorduras são mais calóricas, sim. Ao contrário dos outros dois macronutrientes(proteína e carboidratos) com 4 kcal por grama, um grama de gordura tem 9 kcal. Mas, se utilizadas corretamente, não engordam. Pelo contrário, são importantíssimas para um emagrecimento saudável e um bem-estar geral!

Vamo lá, Geosh, direto ao assunto!

Gorduras são suas amigas no emagrecimento, ao contrário do que é dito a rodo por aí! Acredite!

A idéia aqui é dar uma pincelada simples nos tipos diferentes de gorduras que encontramos por aí. As gorduras podem ser divididas em 4 grupos:

--------------------------

Erros Comuns e Emagreça Mais Facilmente.

Tentar comer menos do que se gasta

Este talvez seja o maior erro das pessoas que querem emagrecer. Assim como dito pelo Dr. Gary Taubes, autor do Bad Calories, Good Calories e do Why We Get Fat, diz: Esta idéia de controlar as calorias que "entram e saem" é o "pecado original" da nutrição.

Veja, o seu corpo é geneticamente programado para controlar o peso e pode reduzir e aumentar o metabolismo em até 20%, conforme discutimos com o Dr. Souto no episódio 5 do podcast aqui do site! Ou seja, o seu corpo já sabe como manter o peso ideal. O que nós fazemos é dificultar muito que o corpo execute esta tarefa.

Bom, ao tentarmos transformar a nossa vida em uma tortura contabilística, fazendo contas de calorias, contando pontos, o que é que seja, não só nos estressamos mais psicologicamente, quanto, deixamos de ter os resultados verdadeiros, pelos quais, estamos à procura!

Uma queima de gordura rápida, saudável e verdadeira é muito mais resultado DO QUE você come do que QUANTO você come! Você NÃO precisa contar calorias!

É um choque ouvir isso, não é? Eu sei que é por que foi também um choque pra mim quando ouvi pela primeira vez.

O que fazer? Simples! Aprenda quais são os alimentos que ajudam o seu corpo a queimar gordura, ou seja, os alimentos que mantêm, principalmente, os níveis de insulina no sangue controlados e se preocupe menos com as quantidades! Eu, assim como muitas outras pessoas, mantenho minha boa forma à anos já, comendo à vontade dos alimentos corretos, nutritivos e naturais e sem contar calorias NUNCA!

Falo muito sobre como fazer isso aqui no site, então, te convido à dar uma pesquisada aqui depois. Como sugestão depois, sugiro que clique neste artigo.

Erro 2 – Se exercitar demais

Bom, o erro 1 meio que leva ao erro 2 que é, se exercitar exageradamente.

Na tentativa de gastar mais calorias do que se ingere, as pessoas, normalmente, se comprometem a se exercitarem bastante! Estabelecem uma rotina de exercícios puxada e se forçam à ir na academia!

Legal, isso funciona, claro… porém, por um tempo limitado.

Primeiro, você não irá conseguir ter a mesma força de vontade pra ir se exercitar sempre.
Segundo, seu corpo irá, com o tempo, aprender sua nova rotina e estabilizar o seu peso e ajustar seu metabolismo de acordo, ou seja, você irá parar de queimar gordura.
Terceiro, 80% do emagrecimento vem da alimentação e não dos exercícios, então, pra que focar tanto assim nos últimos?
Quarto, ao se exercitar da forma que a maioria das pessoas faz, você fará com que seu corpo peça mais alimentos densamente calóricos, tornando sua vida muito mais difícil e testando sua força de vontade ainda mais.
Eu estou cansado de ver na academia pessoas "gordinhas" que estão lá sempre assiduamente, por MESES e parecem nunca mudarem a forma física! Você já reparou nisso?

É triste, porém, é uma realidade! Estas pessoas são vítimas do senso comum e, por seguirem ele, acabam transformando suas vidas em uma luta injusta contra o peso, a qual, normalmente, perdem.

O que fazer? Foque mais na escolha do que você come, foque mais na sua alimentação. Exercícios são úteis e necessários para uma vida saudável, porém, eles não devem ser o seu maior foco, mas sim, um complemento. Caso faça exercícios, faça-os de forma estratégica! Leia este artigo pra mais detalhes.

------------------------

Erros Comuns e Emagreça Mais Facilmente.

Erros Comuns e Emagreça Mais Facilmente
Fuja dos falsos amigos da dieta para emagrecer de verdade
Queijo branco, torrada e chocolate diet são traiçoeiros, vilões do mais bem-intencionado dos regimes. Revelamos o lado oculto desses bandidos disfarçados de mocinhos
É automático: todo mundo associa maçã à dieta. Queijo branco também. Porém, ao contrário do que se imagina, vários dos alimentos que se tornaram símbolos do regime alimentar nem sempre merecem a fama que tem. Não que eles não sejam recomendáveis. São, sim. Mas nem tanto para enxugar medidas. Há outras opções bacanas para quem, além de emagrecer, busca variar o menu. Com a ajuda da nutricionista Cynthia Antonaccio, diretora da Equilibrium Consultoria em Nutrição e Bem-Estar, de São Paulo, nós mostramos o lado B desses amigos-da-onça.

MAÇÃ
Ela é praticamente o ícone número 1 da dieta. De fato, tem muitos nutrientes e fibras, que seguram o gatilho da fome. No entanto, há quem jure de pés juntos que a fruta deixa um buraco no estômago. Esse é o seu caso? Isso acontece porque, apesar do alto teor fibroso, trata-se de uma fonte de carboidratos simples, como a frutose, que é absorvida rapidamente pelo organismo. Um outro ponto a se considerar são as calorias: uma pequena maçã tem cerca de 70, enquanto uma grande, 100. E sabe quantas estão em uma banana nanica? 78! Ainda assim, coitada, o fruto da bananeira leva a fama de fazer engordar. Uma injustiça. Porque ele também é rico em fibras insolúveis, que mantêm a glicemia estável, driblando a fome e a produção excessiva de insulina. A banana é capaz até mesmo de dar maior saciedade do que a popular maçã por apresentar mais amido (um carboidrato complexo, presente em maior quantidade nas menos maduras) e uma textura encorpada. E não pára por aí: a banana preserva a saúde da flora intestinal e contém vitamina B6, que alivia sintomas da TPM. Assada com canela na forma de sobremesa, é uma ótima pedida para o paladar de quem não dispensa um sabor adocicado ao final da refeição.

------------------------

xxxxxxxxxxxxxx.

Emagrecer: a verdade
Dieta sem segredo
(revista Superinteressante)

Tem a dieta de Beverly Hills: só fruta por 10 dias e a silhueta da Victoria Beckham garantida. E a do tipo sanguíneo: carne liberada para quem tem tipo O, o suposto sangue dos caçadores ancestrais. Tem a do Dr. Atkins: controla carboidratos, libera proteínas e gorduras. Tem também da sopa, da lua, do arroz, do alfabeto, das cores. Sem falar na renovação constante de verdades científicas que nunca resistem à avaliação seguinte - não eram verdade, muito menos científicas. Evitar carboidratos à noite? Tanto faz. Dieta das proteínas? Bobagem. Quer emagrecer? Pergunte-se como. Achar sua resposta (e segui-la) é o mais importante.

Na verdade, não há segredo para emagrecer. E também não há milagre: não vamos entregar uma fórmula de como secar em 5 semanas. Mas não vamos dizer que tudo é relativo: dá, sim, para saber como controlar o peso.

Mito 1 - "A base da dieta faz a diferença"
Na verdade, tanto faz se a dieta tem base de carboidratos, gorduras ou proteínas: o maior estudo sobre o assunto concluiu que todas se equivalem no emagrecimento a curto prazo e na recuperação do peso a longo prazo. Para a balança, o que interessa é quantas calorias o alimento tem.
Mito 2 - "Mulher engorda mais fácil que homem"
Em média, sim. Mas isso não tem nada a ver com elas serem mulheres. Acontece que homens, por terem naturalmente um volume maior de ossos e músculos, tem o metabolismo mais acelerado. Ou seja: entre uma mulher musculosa e um homem flácido, quem engorda mais fácil é ele.
Mito 3 - "O estômago cresce com a barriga"
Só em obesos que comem quantidades colossais. Logo, é mito que para emagrecer é preciso comer menos até o estômago diminuir e "pedir" menos comida. O que engorda a maioria é beliscar itens de alta concentração energética e ir acumulando calorias extras.

Tomar suco natural ajuda no regime"
Não ajuda e pode atrapalhar. O problema dos líquidos que não sejam água (refrigerante, suco, cerveja etc.) é que suas calorias não são devidamente computadas pelo seu corpo. "Nosso organismo não tem a mesma capacidade de identificação de saciedade com líquidos e sólidos", diz Patrícia Jaime. Compare um suco de maçã e uma maçã, por exemplo. A maçã tem fibras (o que manda sinais de saciedade) e você a mastiga (o que manda sinais de saciedade também). No suco, as fibras foram perdidas, ao extrair o sumo da polpa você tem um concentrado de açúcar de várias maçãs (é mais calórico). Apesar das calorias, a bebida ainda vai deixar bastante espaço para a comida.
Mito 5 - "Carboidrato à noite engorda"
Não há fundamento científico que mostre isso. A crença seria de que comendo carboidrato à noite a pessoa armazenaria energia mais facilmente porque vai repousar e o metabolismo cai. Na verdade, o que vale é o balanço das calorias ingeridas e queimadas nas 24 horas anteriores.

-----------------------------

Margarina, óleos vegetais e gorduras vegetais hidrogenadas.

Margarina, óleos vegetais e gorduras vegetais hidrogenadas

É muito comum hidrogenar a gordura monoinsaturada pra que essa se torne sólida em temperatura ambiente. Isso deixa os alimentos mais sequinhos e crocantes e de aparência melhor. Por isso, gordura hidrogenada é altamente utilizada pela indústria alimentícia. Ah, eles também adoram combiná-la com farinha e açúcar e carboidratos simples pra você engordar de vez.

Porém, a gordura trans é realmente perigosa. Muitos estudos à ligam quase diretamente à maioria dos problemas cardíacos que temos hoje. É literalmente colocar moléculas de gordura instáveis nas paredes das suas células. Mesmo com os selos de 0% de gordura trans, eu realmente sugiro cautela com esses alimentos até que todas as nossas perguntas a respeito tenham sido respondidas. A indústria sempre tem suas artemanhas pra achar um caminho…

Pontos finais

Agora, com que você já sabe sobre gorduras, já vai ter condição de decidir quais as suas fontes! Mas e a quantidade? Numa dieta equilibrada, mantendo uma boa ingestão de proteínas e uma ingestão inteligente de carboidratos(o que vai te fazer comer uma boooa quantidade de verduras e legumes), de onde vão vir as suas outras calorias? Pois é!

Você vai precisar de uma boa parte dessas calorias na forma de gorduras. Essa é uma peça que falta no quebra cabeça da maioria das pessoas que fazem reeducação alimentar. Com a ingestão adequada de gorduras, você deve se sentir realmente bem. Fraqueza e mal-estar é sempre sinal de que algo não vai bem!

------------------------------

O colesterol, muito tido como um vilão, é base pra grande parte dos nossos processos fisiológicos.


O colesterol, muito tido como um vilão, é base pra grande parte dos nossos processos fisiológicos. As gorduras saturadas que mais consumimos são 3:

Ácido esteárico, paumítico e láurico

O ácido esteárico, encontrado na gordura animal, não tem efeitos sobre os níveis de colesterol e é convertido no fígado em ácido oleico, gordura monoinsaturada. Os outros dois aumentam o colesterol total. Porém, como eles aumentam o colesterol bom(HDL) mais do que o colesterol ruim(LDL), você está, na verdade, diminuindo o risco de doenças cardíacas.

O que hoje se acredita ser o grande culpado pelo aumento do colesterol, você pode conferir nesse artigo.

Se você tem dúvidas nesse sentido, você pode sempre acompanhar seus níveis de colesterol com o seu médico! Se você já está com níveis altos, adapte-se aos poucos. Antes de qualquer mudança na sua alimentação e rotina, consulte um profissional da saúde competente. Nós aqui do Emagrecer De Vez sempre batemos nessa tecla.

Teste tudo que dizemos de maneira responsável e sensata e veja os resultados por você mesmo. Tire as suas próprias conclusões. Duvide de tudo! Mastigue SEMPRE antes de engolir! Fazemos a nossa parte pra compartilhar o conhecimento mais atual e verdadeiro sobre nutrição, saúde e boa forma, porém, nada nunca está, como você sabe, escrito em pedra!

Monoinsaturadas - Óleo de soja, girassol, etc.

Nesta categoria estão a maioria dos óleos vegetais, que nós usamos de maneira questionável como óleo de cozinha, por exemplo.

Gorduras monoinsaturadas são geralmente líquidas à temperatura ambiente e são instáveis em altas temperaturas, o que as tornam menos próprias para cozimento. Também temos a possibilidade da hidrogenação industrial desses óleos, o que os transformam em fontes potenciais de gorduras trans. Evite a todo custo cozinhar com esses óleos.

A melhor opção nesse caso é consumir apenas o azeite de oliva extra virgem, em frascos de vidro, escuro, e prensado a frio. Mantenha o vidro em lugar fresco e escuro e tampe assim que utilizar pra evitar a oxidação. Lembrando que o azeite de oliva é sensível à altas temperaturas, logo, se for cozinhar com ele, tenha atenção à isso.

Poliinsaturadas - Gorduras essenciais

As famosas gorduras omega!

São essenciais e nosso organismo não consegue produzi-las, logo, temos que obtê-las dos alimentos. Gorduras poliinsaturadas isoladas são altamente instáveis, se deterioram com facilidade e mantém a forma líquida mesmo dentro da geladeira. Devem ser manuseadas ainda com mais cuidado, caso você faça uso de suplementos de omega 3, por exemplo.

O equilíbrio entre Omega 3 e Omega 6

No geral, todas as fontes de gorduras contém ao mesmo tempo, em proporções diferentes, gordura saturada, monoinsaturada e poliinsaturadas – essas ultimas em uma percentagem menor.

Mas a chave aqui é o equilíbrio. A proporção de omega 3 pra omega 6 na nossa alimentação deveria ser de 1 pra 1. Se você se alimenta de alimentos processados, industrializados, fast-food, etc, no geral, significa ter uma alimentação mais rica de omega 6 e pobre em omega 3. Significa também um consumo excessivo de omega 6 e de gorduras trans. Muita cautela! O excesso de omega 6 anula os efeitos benéficos do omega 3.

Alimentos de origem animal(carne, ovos, laticínios) de animais alimentados a base de grãos, podem perder esse equilíbrio também. Portanto, sempre que possível, opte pelo consumo de gado de pasto, galinha e ovos caipiras. A diferença no sabor é gritante também! Atente-se para os alimentos que são boas fontes de omega 3! Peixes também são boas opções.

------------------------

Emagrecedores

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor