espinheira santa emagrece -espinheira santa emagrece até 17kg.

Emagrecedor

--------------------------

espinheira santa emagrece.

Espinheira Santa
O que é:

A espinheira santa de nome científico Maytenus ilicifolia é uma planta medicinal muito útil no combate às dores de estômago, gastrite, úlcera, azia e queimação devido às suas propriedades medicinais.

Outros nomes populares da espinheira santa são: espinheira-divina; maiteno; salva-vidas; sombra-de-touro; erva-cancerosa; congorça e espinho-de-deus.

Propriedades da espinheira santa

Cicatrizante; anti-inflamatória, antiúlcerosa, calmante, analgésica; tonificante; anti-séptica; diurética; tem algum efeito anticoncepcional; facilita a eliminação dos gases e tem leve efeito laxante.

--------------------------

Para que serve a Espinheira santa .

Para que serve a Espinheira santa

A espinheira santa serve para o tratamento da dor de estômago, úlcera, gastrite, azia; queimação; dispepsia, gases. Sendo eficaz também contra a H. Pylori.

Modo de uso da Espinheira santa

Em infusão: Colocar 1 colher (sopa) das folhas secas de espinheira santa numa xícara e cobrir com água fervente. Deixar descansar por 15 minutos, coar e beber a seguir.
Cápsulas: Tomar 1 ou 2 cápsulas de espinheira santa antes das principais refeições.
Efeitos colaterais da Espinheira santa

Pode causar sensação de boca seca e náusea, que desaparecem com o uso contínuo do medicamento.

Contra indicações da Espinheira santa

No primeiro trimestre da gravidez e durante a lactação.

Deve-se evitar seu uso na gravidez pela falta de comprovação científica da segurança do medicamento e na lactação por diminuir a produção de leite materno.

------------------------

Espinheira Santa.

Espinheira Santa
A espinheira santa (Maytenus ilicifolia) é um fitoterápico conhecido há anos pelos índios. A planta tem este nome devido a aparência de suas folhas (parecem espinhos) e por ser considerado um "santo remédio" para o corpo, principalmente para males do aparelho digestivo.

Usos da Espinheira Santa

A espinheira santa é um fitoterápico indicada principalmente para normalizar as funções gastrointestinais, especialmente como protetor contra úlcera gástrica. A espinheira santa tem também ação cicatrizante, levemente diurética, laxativa, anti-úlcera e anti-séptica.

A espinheira santa também é utilizada no preparo de infusões para uso externo no auxílio do tratamento da acne, eczemas e outros problemas de pele.

Apesar das diversas utilidades da espinheira santa, no tocante ao emagrecimento e perda de peso não há qualquer evidência de sua eficácia. O que não quer dizer a espinheira santa deixa de ser um "santo remédio".

------------------------

Espinheira Santa.

Espinheira Santa
Depois da pausa de uma semana, monte uma nova receita usando, no máximo, duas ervas de cada um dos grupos abaixo!

Diuréticas
Combatem a retenção de líquidos. As mais comuns são cavalinha (1), dente-de-leão, abacateiro, quebra-pedra, cabelo de milho e sabugueiro.

Digestivas
Acabam com a prisão de ventre. As ervas desse grupo são cáscara-sagrada (2), chapéu-de-couro, zedoária, hibisco, psilium e fucos (ou fuco).

Desintoxicantes
Elas eliminam as toxinas do corpo. Alfafa, bugre, salsaparrilha, chá-verde, espinheira-santa (3) e bardana estão nesse grupo.

Calmantes
Detonam aquela ansiedade que é comum em quem está de dieta. Escolha ervas como alecrim (4), capim-limão, melissa, camomila, jasmim e mulungu.

Emagrecedoras
Facilitam a eliminação de gordura. Use ervas como capim-limão (5), alfafa, cavalinha, cana-do-brejo, carqueja e graviola.

-----------------------------

Espinheira santa emagrece.

Espinheira santa emagrece
Muitos pessoas se perguntam se a espinheira santa emagrece, mas a verdade é que até hoje não se ouviu estudos que comprovassem que ela emagrece. Em compensação o chá da espinhara santa é muito conhecido no mundo das ervas medicinais por ser ótimo no combate a ulcera e outros problemas do estomago. Desde muitos anos atras os índios brasileiros já faziam uso da espinheira santa para diversos fins.

A espinheira santa pode ser encontrada com diferentes nomes como cancerosa. Dizem que esse nome pode tercido por causa dos índios que usavam a espinheira santa para tratar tumores. Já esse nome espinheira santa é por causa de sua folhas ser cheia de espinhos e o (santo) é por causa dela ser um remédio milagroso.
Hoje em dia você pode encontrar as substancia da espinheira santa em diversos medicamento. Mesmo a espinheira santa em sua forma natural pode o carretar em riscos a saúde por isso não faça uso dela sem a prescrição de um medico.

------------------------------

Benefícios e Propriedades do Chá e das Folhas da Espinheira-Santa.

Benefícios e Propriedades do Chá e das Folhas da Espinheira-Santa
Benefícios e propriedades medicinais da Espinheira-Santa – Maytenus spp. Saiba o que é e para que serve a Espinheira-Santa

O Que é a Espinheira Santa? A Espinheira-Santa (Maytenus spp) é uma planta medicinal bastante utilizada no Brasil, cujo nome advém da aparência de suas folhas e por ser considerado um "santo remédio" em linguagem popular, é também conhecida como Salvavidas, Coro-milho-do-campo, Espinho de Deus, Maiteno, Sombra-de-Touro, Congorça, e Cancerosa. Nestas denominações, incluem-se as espécies Maytenus aquifolia Mart., Maytenus ilicifolia Mart., Maytenus oxyodonta Reiss. e Maytenus briquetii Loes. Todas pertencem à família Celastraceae e são nativas da América do Sul.
Para Que Serve a Espinheira Santa?
Usos Tradicionais: acne, atonia gástrica, azia, dispepsia, câncer, controle de natalidade, eczema, gases, gastriste, herpes, inflamação, úlcera gástrica, mau-hálito, ulcerações, vômitos.
Propriedades Medicinais: adstringente, analgésica, antiácida, antiasmática, antiespasmódica, antidispéptica, antiinflamatória, antiulcerogênica, anti-séptica, antitumoral, aperiente, carminativo, cicatrizante, colagoga, digestiva, emenagoga, laxativa.
As partes utilizadas da Espinheira-Santa são as folhas, que podem ser administradas em forma de chá, cápsulas com extrato seco, tinturas e extrato fluido. Além do uso interno, pode-se fazer uso tópico do chá ou de unguentos da planta, de forma minimizar dores de ferimentos e facilitar a cicatrização.
A Espinheira-Santa está na lista de medicamentos fitoterápicos oferecidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) devido ao largo uso na medicina popular e comprovada eficácia principalmente no tratamento de problemas digestivos (com eficácia equivalente à obtida com a cimetidina e ranitidina), que está relacionada à presença de taninos nas folhas da planta. A Espinheira-Santa, como serve também para beneficiar a digestão, pode ajudar pessoas a emagrecer, principalmente aquelas que possuem distúrbios digestivos.
Os taninos têm poder cicatrizante de lesões ulcerosas no estômago por controlar a produção de ácido clorídrico neste; poder antiséptico por paralisar as fermentações gastrintestinais, inclusive os efeitos da Helicobacter Pylori causadora de úlcera gástrica; e analgésico por aliviar as dores ao corrigir as funções estomacais e ao facilitar a eliminação de gases.
A Espinheira-Santa mostra-se ainda mais poderosa ao ser capaz de inibir alguns tipos de cânceres, como o câncer de pele e o câncer gástrico ao combater a Helicobacter Pylori, bactéria também causadora deste mal. Seus componentes principais são terpenos, triterpenos, taninos, flavonóides, mucilagens, antocianinas, açúcares livres e traços de sais minerais. Seu efeito laxativo deve-se à mucilagem presente na planta; já o diurético, aos triterpenos.
Benefícios do Chá de Espinheira-Santa
Na forma de chá, para tratamento de úlceras e dispepsias, a Espinheira-Santa deve ser ingerida antes das refeições principais ou a critério do médico. Sua utilização em excesso, porém, pode causar náuseas. Um exemplo de forma de preparo da Espinheira-Santa em forma de chá trata-se de misturar 20 gramas de folhas secas e rasuradas da planta à 01 litro de água fervente e abafar por alguns minutos.
Efeitos Colaterais e Contraindicações
A planta foi muito utilizada por índios sul-americanos como abortivo e para evitar a gravidez, propriedades que podem ser comprovadas devido ao feito de promover contrações uterinas e até de dificultar a implantação do embrião na parede do útero. Portanto, é contraindicada para mulheres que desejam engravidar ou estejam em fase de gestação.
Planta Medicinal do SUS
A Espinheira-Santa (Maytenus spp) faz parte da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS (RENISUS), constituída de espécies vegetais com potencial de avançar nas etapas da cadeia produtiva e de gerar produtos de interesse do Ministério da Saúde do Brasil. A finalidade da RENISUS é subsidiar o desenvolvimento de toda cadeia produtiva relacionada à regulamentação, cultivo/manejo, produção, comercialização e dispensação de plantas medicinais e fitoterápicos.

------------------------

Emagrecedores

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor