injeção para emagrecer -injeção para emagrecer até 17kg.

Emagrecedor

--------------------------

injeção para emagrecer.

Victoza: o remédio que emagrece 7 kg

O que é?
Lançado no Brasil há três meses, o Victoza é um medicamento à base de liraglutida, originalmente indicado para o tratamento de diabetes. Receitado por médicos como um ótimo emagrecedor, ele tem dado resultados excelentes.

Como age?
A liraglutida imita o GLP-1, um hormônio natural que regula a sensação de saciedade. "Assim, a digestão fica mais lenta e você demora a sentir fome", explica o endocrinologista Alfredo Halpern.

Por que funciona?
O Victoza tem oito vezes mais hormônio do que o produzido normalmente pelo corpo. Além disso, seu efeito se estende por 24 horas na corrente sanguínea, enquanto o GLP-1 age no organismo só por três minutos.

Como é feito o tratamento?
O remédio é vendido em forma de caneta com ponteira injetável subcutânea - o próprio paciente aplica a injeção, na coxa, na barriga ou no braço. É necessário ter receita e seguir a dosagem e as orientações do médico para não colocar sua saúde e segurança em risco.
Há efeitos colaterais?
Sim: náuseas e dores de cabeça no início do tratamento, efeitos leves se comparados aos causados por emagrecedores tradicionais.

O resultado é bom mesmo?
Um estudo acompanhou 500 homens e mulheres em 19 países diferentes. Em cinco meses de tratamento com o Victoza, 85% dos pacientes perderam 7 quilos em média - sem fazer dieta.

Quanto custa o remédio?
Uma caixa sai por cerca de R$ 300* e pode durar um mês. O laboratório que produz o Victoza está pedindo a aprovação do remédio também como emagrecedor, por isso, espere essa liberação antes de começar a fazer o seu tratamento.

E se eu fizer dieta também?
A perda de peso será turbinada. Se consumir até 1200 calorias por dia e estiver em tratamento com o remédio, você perderá até 10 quilos em cinco meses. Já se associar a dieta, o remédio e uma hora de ginástica por dia, a perda de peso chegará a 12 quilos, segundo o endocrinologista Antonio Carlos do Nascimento.

--------------------------

INJEÇÃO PARA EMAGRECER!

INJEÇÃO PARA EMAGRECER!
Entre as várias modas que pegam para emagrecer, as injeções para emagrecer estão no topo dessa lista. A mais famosa dentre todas é a injeção de HCG (Gonadotropina coriônica A partir dessa injeção, há a restrição drástica de calorias ingeridas durante o dia; portanto, os resultados aparecem a partir de esforços exorbitantemente enormes. Os resultados prometidos são de até 1,5kg perdidos diariamente.
No entanto, se a sua meta é eliminar e não perder peso (para depois encontrá-los), esse não é o melhor caminho. Opte por produtos naturais que não agridem seu organismo.

Uma dieta balanceada (não tão restrita), com exercícios físicos e com o consumo de chá verde dão resultados mais lentos, mas definitivos. E os benefícios do chá verde vão além do emagrecimento por conta das suas propriedades medicinais.

------------------------

Como usar o Victoza.

Como usar o Victoza
Para usar o Victoza deve-se retirar as tampas de proteção da agulha, virar o marcador das doses diárias até a marca impressa na própria embalagem do medicamento e girar o marcador na quantidade indicada pelo seu médico, seja ela 0.6, 1.2 ou 1.8 mg. Após estes cuidados, recomenda-se molhar um pedacinho de algodão e passar na área em que a injeção será aplicada para desinfetar a zona e só então aplicar a injeção, no braço ou na coxa.

A indicação é de 1 injeção de Victoza por dia durante o tempo recomendado pelo seu médico. Alguns pacientes portadores de diabetes tipo 1 podem ter que utilizar o medicamento por toda a vida. Quando ele é utilizado com o intuito de emagrecer o tempo de uso será até que o paciente atinja valores aceitáveis no seu Índice de massa corporal. Este pode ser facilmente calculado, basta dividir o peso pela altura vezes a altura.

------------------------

Injeção para emagrecer!

Injeção para emagrecer!
Então meninas, e meninos(??), enfim, hoje assistindo o Bem estar surgiu uma informação que nao tinha visto ainda por ai a tal da injeção pra emagrecer

acontece que o pessoal ta tomando injeção de diabetes com a esperança de emagrecer, segue abaixo video do ratinho, pq o do bem estar não achei e também uma materia do R7 falando a respeito, é sempre bom a gente compartilhar esse tipo de informação neh
Diabéticos que forem às farmácias espalhadas pelo Brasil em busca do remédio liraglutida (comercialmente vendido como Victoza) podem ter dificuldade em achar o medicamento.

Segundo médicos ouvidos pelo R7, uma reportagem de capa publicada na edição de 7 de setembro da revista Veja que apresenta o remédio como um grande aliado para quem precisa emagrecer provocou uma corrida aos consultórios médicos. Médicos ouvidos pela reportagem afirmam ainda que, além de não ser indicado para tratamento de obesidade, o produto tem efeitos colaterais como náuseas, vômitos e hipoglicemia.
O remédio é um produto biológico, cuja aprovação para ser comercializado foi feita pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no ano passado para ser usado somente no tratamento do diabetes do tipo 2, e não para emagrecer. Uma nota divulgada na semana passada pela Sociedade Brasileira de Diabetes critica a maneira como o remédio foi apresentado na revista.
- A Sociedade Brasileira de Diabetes condena propagandas como esta, com um alto grau de sensacionalismo, aproveitando populações portadoras de problemas de saúde que podem levar à baixa estima, e por serem ávidos de soluções, se transformam num público fácil de serem persuadidos. Matérias como esta prestam um desserviço aos pacientes, e dificultam o trabalho de quem realmente deseja, baseado em ciência, prestar reais benefícios a quem necessita.
Para a endocrinologista Rosana Radominski, presidente da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), a reportagem pode fazer com que as pessoas que realmente precisam do remédio não encontrem o Victoza nas farmácias.
- O medicamento já se esgotou. A partir do que foi mostrado na revista, ele é um aliado milagroso para ajudar no emagrecimento, mas não é bem assim. Há a necessidade de fazer dieta e exercícios e seu uso ainda deve ser feito apenas por diabéticos.
Ricardo Meirelles, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, conta que vários de seus pacientes ficaram angustiados com a falta do liraglutida.
- Percebi que vários pacientes meus diabéticos que estavam usando o medicamento com a indicação correta tiveram dificuldade em conseguir o produto e ficaram bastante angustiados porque estavam tendo bons resultados e ficaram com medo de ficar sem o remédio para o seu tratamento.
Saulo Cavalcanti, endocrinologista e presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, diz que a reportagem ofereceu uma mágica que não é verdadeira e isso provocou uma grande procura em consultórios e farmácias. Ele fez uma pesquisa em Belo Horizonte, Minas Gerais, e disse que os estoques estão esgotados em várias farmácias, mesmo se tratando de um remédio caro, que custa aproximadamente R$ 400.
- Estive recentemente em um congresso internacional em que estavam mais de 300 médicos brasileiros e ouvi relatos de escassez do remédio em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Rio Grande do Sul. Não é um fenômeno de Belo Horizonte. É um fenômeno Brasil.

-----------------------------

Emagrecedores

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor