produtos com quitosana -produtos com quitosana emagrece até 17kg.

Emagrecedor

--------------------------

produtos com quitosana.

Os produtos à base de quitosana realmente reduzem o colesterol?
A quitosana é um copolímero constituído por unidades N -acetil- D -glicosamina e D -glicosamina em proporções variáveis, sendo que as unidades de D -glicosamina são predominantes. Ela é obtida a partir da quitina, um polissacarídeo presente no exoesqueleto de crustáceos e insetos, podendo também estar naturalmente presente em alguns fungos, como aqueles pertencentes aos gêneros Mucor e Zygomicetes.

Alguns estudos têm demonstrado que a ingestão de quitosana promove a redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos plasmáticos devido à sua capacidade de se ligar aos lipídios da dieta, interferindo na absorção intestinal dessas gorduras.

O uso da quitosana para redução do colesterol em humanos foi primeiramente documentado em um estudo realizado por Maezaki e colaboradores, em que adultos do sexo masculino foram alimentados com biscoitos à base de quitosana durante duas semanas. Aqueles que utilizaram a dose de 3 g diárias durante uma semana e 1,6 g por dia durante duas semanas apresentaram diminuição de 6% do colesterol total. Acredita-se que esse efeito hipocolesterolêmico (de redução do colesterol) da quitosana dependa da dose administrada, pois em outro estudo, realizado por Pittler e colaboradores, com 28 dias de duração, sendo a dose diária de quitosana em torno de 0,6 g por dia, não foi observada redução significativa do nível de colesterol.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a quitosana auxilia na redução da absorção de gordura e colesterol, mas é preciso enfatizar que "seu consumo deve estar associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis". A Anvisa determina que, para que essa alegação possa ser feita, é necessário que a porção diária do produto pronto para consumo forneça no mínimo 3 g de quitosana se o alimento for sólido e 1,5 g se for líquido.

A quitosana isolada na forma de cápsula, tablete ou comprimido deve ser consumida acompanhada da ingestão de líquidos. É necessária uma alimentação equilibrada, com ingestão adequada de colesterol, para que o efeito hipocolesterolêmico da quitosana possa ser observado. Vale lembrar que pessoas alérgicas a peixes e crustáceos devem evitar o consumo desse produto.

--------------------------

Microesferas de Quitosana.

Microesferas de Quitosana

A preparação de microesferas é uma estratégia para incrementar a capacidade de adsorção da quitosana, uma vez que as microesferas possuem uma área superficial cerca de 100 vezes maior do que a quitosana em flocos. Além disso, as microesferas apresentam cinéticas de adsorção mais rápidas e maior facilidade de manuseio e operação.

Diversos estudos recentes mostram que a quitosana pode ser utilizada para preparar microesferas para diferentes propósitos. A versatilidade deste polímero permite a preparação de microesferas de diferentes formas e tamanhos, envolvendo diversos produtos e derivados.

O uso de quitosana porosa em partículas apresenta inúmeras vantagens no processo de imobilização de enzimas. Entre as principais vantagens, podemos destacar: a) o fato da quitosana ser um material de origem natural (biopolímero), sendo desta maneira seguro para o uso e biocompatível. b) Quando comparada com outras resinas sintéticas, sua grande quantidade de poros se apresenta de maneira uniforme desde a superfície até seu interior, provendo desta maneira uma grande difusão do substrato. c) A presença abundante de grupos amina altamente reativos disponíveis para imobilizar enzimas via ligação covalente e pelo fato de que a quitosana, por si mesma, possui uma grande afinidade com enzimas, permitindo, desta maneira, que uma grande quantidade de enzimas possa ser imobilizada na quitosana.


Alem destas vantagens citadas anteriormente, podemos destacar ainda o fato de que, sendo a quitosana um polissacarídeo, apresenta vantagens por ter alta estabilidade em solventes orgânicos em adição a hidrofilicidade e a porosidade dos produtos formados.

------------------------

ATIVIDADE HEMOSTÁTICA DA QUITOSANA.

ATIVIDADE HEMOSTÁTICA DA QUITOSANA

A atividade hemostática da quitosana foi inicialmente relatada por Malette e Quigley. Olsen e colaboradores completaram os estudos pré-clínicos iniciais de segurança e eficácia em diversas formas físicas de diversos sais de quitosana. O mecanismo para a formação de coágulos também foi definido através de experimentos elegantes. Este mecanismo pode operar independente da cascata de eventos da coagulação normal que resulta na formação da fibrina. Desta forma, a quitosana pode formar um coágulo estável no sangue na ausência de fibrina. Experimentos in vitro, demonstraram que o sangue tratado com heparina, que inibe a formação da fibrina, forma um coágulo estável quando soluções de sais de quitosana são adicionadas. A observação de que coágulos estáveis podem ser formados com soluções de sais de quitosana geraram um considerável interesse na possibilidade da utilização da quitosana como agente hemostático clínico.

Como agente hemostático, a quitosana, na forma de bandagens, possui a capacidade de acelerar a hemóstase em procedimentos cirúrgicos ou em ferimentos hemorrágicos, através de um procedimento simples, rápido, não-invasivo e de fácil aplicação, resultando em um menor tempo de internação para os casos cirúrgicos reduzindo os custos de procedimentos como o cateterismo e o tempo de internação.

------------------------

QUITOSANA como redutor de gorduras: o peso molecular é importante.

QUITOSANA como redutor de gorduras: o peso molecular é importante.

A Quitosana é um biopolímero catiônico cada vez mais utilizado na absorção de gorduras em diversas aplicações, incluindo os alimentos funcionais. Entretanto, diversas tentativas e experimentos visando explicar o mecanismo de ação do polímero tem gerado controvérsias. Alguns especialistas acreditam que serão necessárias pesquisas adicionais para compreender de forma exata a funcionalidade

Cientistas na universidade de Massachusetts investigaram a influência do peso molecular da Quitosana na formação de agregados complexos durante a digestão de emulsões óleo-água contendo Quitosana. Na pesquisa, os investigadores usaram um modelo da digestão in vitro. A concentração de agregados gordura foi medida gravimetricamente após filtração, e sua estrutura foi determinada microscopia. Os pesquisadores mediram a concentração de Quitosana no sobrenadante por espectrometria e observaram que a Quitosana de alto peso molecular apresentaram um maior grau de captura de gorduras em pH gastrintestinal.

As análises realizadas in vitro e os resultados obtidos mostram claramente que, nas condições gastrintestinais, o peso molecular da Quitosana tem influência direta na capacidade de captura de gordura do biopolímero

-----------------------------

Emagrecedores

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor