BATATA DE PURGA -BATATA DE PURGA CURA RAPIDA.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

BATATA DE PURGA.

BATATA DE PURGA ou Ipomoea purga

Descrição : Da família das Convolvulaceae, também conhecida como jalapa, jalapão, purga de amarelo leite, briônia da américa e jalapa do Brasil. Planta herbácea, de caule trepador, purpúreo, glabro, quadrangular, desprovido de gavinhas, atingem até 4m de comprimento. O rizoma é afilado, leitoso, com cerca de 5cm de comprimento e tuberosidades com raízes secundárias. Folhas alternas de 9cm de comprimento por 5cm de largura, pecioladas, cordiformes, lisas e muito chanfradas na base, acuminadas, verde-escuras na página superior e, esbranquiçadas na página inferior. As flores são solitárias, ocasionalmente 2, pedunculadas, 5 sépalas, pétalas fundidas Amarelas de 7cm de comprimento e 5 estames. O fruto é uma cápsula ovóide com 4 sementes.

--------------------------

BATATA DE PURGA História Natural.

BATATA DE PURGA História Natural
Raiz fosca por fora, carnosa e branca por dentro, fusiforme em vários círculos e anéis, caule herbáceo, volúvel, folhas apalmadas, 5 lóbulos pontudos, pecíolos semicilíndricos, perianto enfunado, corola de 5 folíolos quase redondos e raiz de sabor acre. A planta tem uma cápsula singular que não se abre em válvulas, porém rompe-se por cima para saírem as sementes, as quais são lisas e convexas por uma face.

Análise Química. A raiz tem em abundância suco gomo resinoso, o qual se concreta em forma de lágrimas. A resina tem um sabor enjoativo e acre, que se parece muito com o da Jalapa.

------------------------

BATATA DE PURGA Propriedades.

Propriedades. Usa-se a Batata de purga há muitíssimo tempo no Rio de Janeiro como remédio purgante, diz o Bernardino Antônio Gomes. Ela é quase toda resina, pois de uma arroba de raiz se consegue tirar mais de 2 libras de resina, cuja atividade não é talvez inferior à da resina de Jalapa. Receita-se como purgante vulgar. Costuma-se dar a Batata de purga em pó, na dose de ½ até uma oitava misturada com açúcar. Extrai-se a resina pelo seguinte método: "põe-se a batata em pó de infusão em aguardente; passado tempo suficiente, coa-se a infusão espremendo-se as borras; torna-se a coar a mesma mas sem espremer; põe-se então a destilar, meio pelo qual se tira a aguardente; deita-se água no que restou na curcúbita e, depois, coando-se esse resíduo assim diluído, obtém-se a resina no coador." (Ver Mem. da Acad. Real de Lisboa, p.32, T.3). Administra-se a resina nas doses de 1 a 2 escrópulos, de acordo com a idade e o caso. A Batata de purga figura entre os drásticos como a melhor panaceia. A dose da fécula regula-se quando seca de ½ onça para os adultos. O extrato dá-se em pílulas de 8 até 9 grãos cada uma, administrando-se de 4 a 6. Para se usá-la em frasco, faz-se a maceração na aguardente de cana dos pós ou da raiz fresca ralada, para tomar-se em boas doses. Os camponeses, tão logo a bebem, metem-se dentro da água fria. Nas boticas, se usa a resina extraída pelo álcool. Uma purga de batata compõe-se de 18 a 24 gr de resina, com 36 a 48 gr de supertartrato ácido de potassa reduzido a pó ou pílulas. No sul do Brasil, a resina de batata é extraída da raiz do Mirabilis Jalapa; porém, no Rio de Janeiro, na Bahia e em outras províncias, a resina provém do Convolvulo operculato de Linneo.

------------------------

Princípios Ativo da BATATA DE PURGA.

Princípios Ativos: Ácido caféico, convolvulina, jalapina, ácido jalapinólico, resina, escopoletina, amido, ácido valérico.

Propriedades medicinais: Analgésica, antiinflamatória, depurativa, diurética, energético, febrífuga, laxante, purgativa.

Indicações: Congestão, hemorragia (cerebral, pulmonar), hidropsia (cardíaca, renal), prisão de ventre. O uso popular abrange ainda o tratamento de edemas, inflamações, dor de cabeça e febre.

Contra-indicações/cuidados: Planta drástica, deve ser usada somente em casos que justifiquem sua toxicologia.

Efeitos colaterais: Frequentemente aparecem náusea, dores espasmódicas e gastroenteríte. Não se recomenda seu uso sem supervisão de um especialísta. Em caso de ingestão excessiva deverá ser feito o esvaziamento gástrico, com sonda nasogástrica em sifonagem e tratamento sintomático. Planta com efeitos tóxicos, é contra-indiada para crianças, gestantes e lactentes. Por seu efeito drástico, às vezes necessário, é usado na medicina popular.

Contraindicações: Planta com efeitos tóxicos. é contraindicada para crianças, gestantes e lactentes. Por seu efeito drástico, às vezes necessário, é usado na medicina popular.

Superdosagem: Em caso de ingestão excessiva deverá ser feito o esvaziamento gástrico, com sonda nasogástrica em sifonagem e tratamento sintomático.

-----------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor