COGUMELO Pó -COGUMELO Pó CURA PODEROSA.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

COGUMELO Pó.

O cogumelo Trametes versicolor ou cogumelo do sol, assim como outros cogumelos medicinais, é usado há tempos pela medicina tradicional chinesa. Acredita-se que esse cogumelo possua elementos regeneradores que fortalecem o corpo contra males e doenças. Veremos como esse medicamento alternativo funciona.
Propriedades regenerativas

Seus principais efeitos são o fortalecimento do sistema imunológico, particularmente ao melhorar o funcionamento de uma das células mais importantes, conhecida como célula T auxiliar ou T helper. As células T auxiliares dizem a todas as outras células do sistema imunológico o que fazer, em que intensidade e quando parar.

No câncer, as células rebeldes costumam secretar compostos conhecidos como citocinas, que emitem falsos sinais para as células imunológicas pararem de trabalhar, isso aumenta a capacidade de o câncer sobreviver. Um efeito colateral nada feliz da quimioterapia e da radioterapia é que elas prejudicam ainda mais o sistema imunológico, em parte por matar células T auxiliares.

O cogumelo Trametes versicolor foi submetido a um grande número de testes clínicos na Ásia que comprovaram que ele pode ajudar a reconstruir o sistema imunológico em pessoas com vários tipos diferentes de câncer. Um benefício incrível foi demonstrado várias vezes: o cogumelo Trametes versicolor, ao ser tomado em conjunto com as terapias de câncer regulares certamente consegue prolongar a vida do paciente, embora não seja uma cura mágica para o câncer. Entretanto, não há estudos científicos sérios sobre o assunto, ficando essas conclusões no campo da especulação.

O cogumelo Trametes versicolor também pode melhorar a qualidade de vida ao reduzir a suscetibilidade a infecções e outros efeitos negativos decorrentes de um sistema imunológico debilitado. São necessárias mais pesquisas para quantificar esses efeitos, mas eles não devem ser menosprezados, já que viver bem é muito importante.

Em razão de seus efeitos positivos sobre o sistema imunológico, é possível que esse cogumelo possa prevenir o câncer ou auxiliar outras doenças em que a supressão do sistema imunológico é um grave problema. Um caso desses é a infecção causada pelo vírus da imunodeficiência humana, mais conhecido como HIV. Ainda são necessárias pesquisas para investigar o potencial promissor do cogumelo.

--------------------------

O benefício dos cogumelos.

O benefício dos cogumelos
O estudo da tecnologia de cultivo, da caracterização bioquímica e dos efeitos protetores das espécies de cogumelos comestíveis e considerados medicinais, como o Agaricus blazei, conhecido como "cogumelo-do-sol", e Lentinula edodes, o shiitake, foi o objetivo de pesquisa financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e coordenada pelo professor livre-docente voluntário da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da UNESP, campus de Botucatu, Augusto Ferreira da Eira. "Trata-se de microrganismos muito ricos, seja por suas propriedades nutricionais, imunológicas, anticarcinogênicas e antimutagênicas, seja por sua utilização na culinária", informa o docente.

O projeto, iniciado em 1999, concluiu que o cogumelo-do-sol apresenta propriedades medicinais preventivas (protetoras), além de funcionar como poderoso coadjuvante no tratamento da hepatite C, na medida em que melhora o apetite dos pacientes, que costumam emagrecer muito durante o tratamento da doença. Também foi possível verificar que ele diminui os efeitos colaterais dos medicamentos antivirais, como fadiga e dores musculares. Foi comprovado ainda que é uma excelente fonte de proteínas e vitaminas, já que 100 gramas de cogumelo desidratado contêm 35 gramas de proteínas, além de ferro, fósforo, cálcio e vitaminas do complexo B. "Também verificamos que muitas das informações divulgadas em diversas propagandas na televisão, em rádios e revistas sobre o cogumelo-do-sol ligadas à diminuição de tumores são obtidas com o extrato concentrado do fungo – e não com comprimidos e chás, como é divulgado", afirma Eiras.

Na FCA da UNESP, os estudos com os cogumelos começaram em 1986, com a criação do Módulo de Cogumelos, que proporcionou a infra-estrutura necessária para a realização do projeto temático da Fapesp, que tinha como proposta inicial conhecer o que havia de verdade e mito relacionado às propriedades de algumas espécies, cujos nomes estavam associados a efeitos terapêuticos os mais variados, como a cura do câncer.

------------------------

Preparação e dosagem do Cogumelo.

Preparação e dosagem

A dose comum é de 2 a 3 gramas do pó de cogumelo seco, três vezes ao dia, misturados com a comida ou em cápsulas. Extratos especializados conhecidos como PSK ou PSP, que se concentram em polissacarídeos simples no cogumelo, excluindo todos os outros compostos potencialmente benéficos, foram as formas estudadas desse cogumelo e são dosadas nas mesmas quantidades que o cogumelo em pó.

No entanto, esses extratos são um pouco mais caros do que o composto integral em pó. O Trametes versicolor, em sua forma natural, foi usado com sucesso na medicina tradicional por milhares de anos e, por isso, é improvável que seja obrigatório o uso desses extratos para que o tratamento tenha efeito.

Armazenamento

Mantém sua eficácia por muitos anos, independentemente da forma, pois seus constituintes não se decompõem facilmente. Mantê-lo longe do calor e da luz pode ajudar a estender seu prazo de validade.

------------------------

Cogumelo alucinógeno.

Cogumelo alucinógeno
Os cogumelos alucinógenos' (também cogumelos psicadélicos (português europeu) ou cogumelos psicodélicos (português brasileiro) ou ainda cogumelos mágicos) são fungos com propriedades alucinógenas, utilizados por diversos povos em suas atividades culturais, bem como drogas recreativas, especialmente por jovens urbanos influenciados por diversos movimentos culturais.
É possível distinguir três grupos de cogumelos psicotrópicos1 :
aqueles com ação psicotônica que induzem psicoestimulação e alterações sensoriais moderadas. Incluem-se aqui sobretudo os amanitas mas também Boletus manicus ou o Boletus reayi utilizados pelos Kumas da Nova Guiné 2
aqueles com ação psicoléptica, com efeito essencialmente hipnótico, como os Lycoperdon.;
aqueles com ação psicodisléptica ou cogumelos alucinógenos contendo psilocibina ou psilocina, incluindo mais de 190 espécies nos gêneros Agrocybe, Conocybe, Copelandia, Galerina, Gerronema, Gymnopilus, Hypholoma, Inocybe, Mycena, Panaeolus, Pluteus, Psilocybe e Weraroa.
Normalmente são classificados como tóxicos, por ser essa a terminologia jurídica, e enteógenos ou psicodélicos devido aos efeitos que causam.
No Brasil, nas décadas de 60 e 70, não era incomum ver jovens que buscavam determinada espécie destes cogumelos nos pastos dos estados do sul. Estes nasciam sobre o esterco do gado e eram colhidos para se fazer um chá: o "chá de cogumelos", que devido à psilocibina e psilocina fazia com que se "abrissem" mais um pouco as portas da percepção. Porém, quando ingerido em sua forma natural, ou com algum ingrediente a fim de modificar seu gosto forte, os efeitos se mostram mais intensos, já que a alta temperatura usada no "chá" destrói parte de seu potencial, deixando as moléculas de seu elemento ativo instáveis, contudo com o risco das reações adversas dessa combinação (há referências de mistura com leite condensado por alguns experimentadores de próprio risco). Os mais antigos textos sobre o seu uso na cultura asteca, compilados pelo padre Bernardino de Sahagún, referem-se a uma mistura do cogumelo teonanacatl com mel 3 . Além disso, quando ingerido na forma sólida, o efeito vem de forma mais vagarosa, dando tempo ao usuário para perceber melhor o que está acontecendo, dentro e fora de sua mente. Experimentos de universidades geralmente utilizam espécimes secas ou cápsulas de seu elemento ativo.

-----------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor