Cartilagem de Tubarão -Cartilagem de Tubarão CUPODEROSA.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

Cartilagem de Tubarão.

A potência da cartilagem de tubarão é dada pelo seu teor em proteínas e mucopolissacarídeos (sulfato de condroitina e sulfato de glucosamina).
Dado o método de extração usado, preservam-se todos os ingredientes ativos benéficos para a saúde.
Sabe-se que os tumores não se podem desenvolver sem criarem uma rede de novos vasos sanguíneos, para se alimentarem e para poderem eliminar os detritos celulares do seu funcionamento.
Médicos da Universidade de Harvard (EUA) mostraram que desde que se possa inibir o crescimento de novos vasos, pode-se prevenir o desenvolvimento dos tumores.
Benefícios da Cartilagem de Tubarão:
1. Doenças Degenerativas
O sistema imunológico do tubarão é constituído por uma grande quantidade de anticorpos poderosos em circulação, e é muito pouco provável que um tubarão desenvolva as infecções mais comuns (mesmo em condições de baixa salubridade). Por exemplo, a cartilagem de tubarão contém uma substância que inibe, significativamente, o crescimento de novos vasos sanguíneos (angiogénese) que alimentam a formação de um novo tumor, limitando, deste modo, o seu desenvolvimento e, podendo mesmo, conduzir à morte das células tumores. A proteína contida na cartilagem é a fração que apresenta o maior efeito sobre a angiogénese e, a cartilagem de tunarão possui uma das mais elevadas percentagens de proteína (45%), entre os suplementos do gênero.
2. Doenças Reumáticas
A dor causada por algumas doenças reumáticas é essencialmente devida à resposta inflamatória. A cartilagem de tubarão contém uma elevada percentagem de mucopolissacarídeos, os quais combatem a inflamação. Destes compostos, o sulfato de condroitina é um dos principais. As investigações científicas há muito que demonstraram que o sulfato de condroitina pode ajudar a controlar a inflamação. Por outro lado, a resposta inflamatória também depende da angiogénese – fluxo de sangue que irriga a área afetada, pelo que a cartilagem de tubarão, sendo um anti-inflamatório natural, poderá ser um auxiliar precioso no tratamento das doenças reumáticas.
3. Outras Afecções
Certas afecções oftálmicas, tais como a retinopatia diabética e a degeneração da mácula, são caracterizadas pelo desenvolvimento de novos pequenos vasos sanguíneos, dentro do olho, os quais ao sofrerem rupturas, conduzem à cegueira. A cartilagem de tubarão pode inibir esta nova vascularização.

--------------------------

Cartilagem de tubarão aumentaria risco de doenças degenerativas.

Cartilagem de tubarão aumentaria risco de doenças degenerativas

RIO - Além de não fazer bem algum, a cartilagem de tubarão poderia aumentar o risco de mal de Alzheimer e doenças neurodegenerativas. Durante anos e sem nenhuma prova, a cartilagem de tubarão foi vendida como remédio anticancer. A crença era baseada no fato de tubarões supostamente não contraírem câncer. Hoje se sabe que tubarões podem ter câncer e que a dita cartilagem não traz comprovadamente benefício algum para a saúde. Agora, pesquisadores descobrem que ela tem um veneno (neurotoxina) assoaciado a doenças neurológicas incuráveis.
Cientistas da Universidade de Miami analisaram amostras de cartilagem de sete espécies de tubarões da costa da Flórida. Todas as espécies continham altos níveis de um composto chamado beta-metilamino-L-alanina, ou BMAA, que está relacionado com o desenvolvimento de doenças neurodegenerativas. Tubarões acumulam o composto por causa de seu lugar no topo da cadeia alimentar do mar, consumindo peixe e outras criaturas marinhas que se alimentam de algas contendo BMAA. As pequenas amostras de tecido foram obtidas de tubarões que foram capturados, marcados e soltos para a pesquisa de rastreamento. Nenhum tubarão sofreu qualquer tipo de dano para o estudo.
As descobertas são importantes por causa da crescente popularidade de suplementos que contêm cartilagem de barbatanas de tubarões, a despeito da falta de provas científicas de que eles trazem quaisquer benefícios à saúde. Apesar de um número considerável de estudos ter desacreditado a cartilagem destes animais contra o câncer, fabricantes do suplemento têm feito afirmações ousadas. Em 2000, dois fabricantes foram processados e tiveram que pagar indenizações aos clientes.
Apesar de os cientistas de Miami não terem examinado os suplementos de cartilagem de tubarão diretamente, suas descobertas acrescentam mais causas de preocupação sobre a popularidade de suplementos de barbatana de tubarão. No estudo, publicado na revista "Marine Drugs", os pesquisadores encontraram níveis de BMAA variando de 144 para 1.836 nanogramas por miligrama de cartilagem em sete espécies de tubarão. Acredita-se que a toxina seja produzida por bactérias em grandes florações de algas que são provocadas por resíduos agrícolas e esgotos.
------------------------

TOMA, QUE É BOM PARA A GRIPE.

TOMA, QUE É BOM PARA A GRIPE
Ao contrário da lenda, os tubarões também sofrem de câncer. Um estudo recém-publicado joga por terra definitivamente as pretensões dos comerciantes que apregoam poderes milagrosos para a cartilagem de tubarão.

Essa história começou em 1983, quando um trabalho experimental mostrou que havia nos tecidos cartilaginosos dos tubarões uma substância capaz de bloquear a multiplicação de capilares sanguíneos.

Como os tumores malignos precisam induzir a formação de novos vasos para irrigá-los à medida que crescem, teoricamente, pelo menos, uma substância como essa poderia ter ação antitumoral.

Baseado nessa premissa, um cidadão americano chamado William Lane publicou o livro "Sharks Don't Get Cancer" (Tubarões não têm câncer) e obteve a patente da cartilagem, em 1990. Depois, investiu pesado em publicidade, e o retorno foi rápido: milhões de dólares em vendas no mundo todo.

Em 1998, para testar cientificamente a eficácia da cartilagem de tubarão no tratamento do câncer, pesquisadores americanos realizaram um estudo no qual um grupo de pacientes foi dividido em duas metades.

A primeira recebeu comprimidos da cartilagem, e a segunda recebeu comprimidos de uma substância inerte (placebo). Não houve nenhuma diferença na evolução, na sintomatologia ou na sobrevida dos dois subgrupos.

Agora, dois cientistas americanos, Gary Ostrander e John Harshberger, fazendo um levantamento no arquivo do Registro de Tumores em Espécies Inferiores do Instituto Nacional do Câncer (NCI) dos Estados Unidos, encontraram pelo menos 40 casos de câncer descritos em tubarões.

Desses, três casos eram de câncer primário do tecido cartilaginoso. Isto é, cartilagem de tubarão não evita câncer nem na cartilagem dos tubarões.

No Brasil, cartilagem de tubarão tem sido anunciada em TV, jornais, revistas, programas populares de rádio e é até oferecida, em bancas nos aeroportos, por uma empresa que garante ter sido o produto testado na Universidade Federal do Ceará. Como sempre, o público-alvo são os doentes e suas famílias, ansiosos por algo que lhes possa aliviar o sofrimento.

O episódio ilustra a fragilidade dos assim chamados "tratamentos alternativos" do câncer e de tantas outras doenças.

Alguém diz que cogumelo é bom para isso, babosa, para aquilo, vitamina C cura gripe e fortificante rejuvenesce e sai fazendo propaganda nos meios de comunicação de massa para tomar dinheiro dos incautos.

É fácil, não há leis que impeçam a comercialização de poções milagrosas, não há nem fiscalização do Procon.

O argumento de que esses produtos, "se não fazem bem, mal também não fazem" é inaceitável, porque muitos deles são tóxicos. É o caso do aparentemente inócuo chá de confrei, que pode provocar necrose do fígado. É o caso do betacaroteno nas doses encontradas na maioria dos suplementos vitamínicos, que sabidamente aumenta a incidência de câncer de pulmão nos fumantes. Ou do tradicional biotônico que tantas gerações de mães vêm dando inadvertidamente para seus filhos e que contém 9,5% de álcool – concentração maior do que a existente no vinho e mais do que o dobro da encontrada na cerveja.

Além disso, ao aderir a essas panaceias, muitos retardam intervenções cirúrgicas e abandonam tratamentos clínicos de eficácia comprovada.

Como consequência, sofrem muito mais, oneram as famílias e os cofres públicos com internações hospitalares que seriam desnecessárias e, muitas vezes, perdem a oportunidade de cura.

Num país com nível de escolaridade como o nosso, quem dá aos comerciantes o direito de anunciar propriedades terapêuticas que jamais foram demonstradas em seus produtos?

Por exemplo, em que revista científica digna desse nome está publicado o estudo que demonstrou que vitamina C previne, abrevia a duração, alivia sintomas de gripes e resfriados ou aumenta a "resistência" do organismo, como aparece o tempo todo na televisão?

Embora nenhuma classe social esteja imune a esse tipo de publicidade enganosa, está entre os pobres o dano mais covarde.

Pelo país inteiro, milhões de famílias de baixa renda desviam da alimentação o dinheiro para comprar vitaminas que serão integralmente excretadas na urina, fortificantes, "remédios" para o fígado, memória, disposição, apetite ou rejuvenescimento; para não falar na absurda linha de medicamentos destinados a manter, e até melhorar, a saúde dos saudáveis.

Se nos falta coragem para varrer da prateleira das farmácias os milhares de "remédios" sem ação comprovada que envergonham a farmacopéia brasileira, é preciso pelo menos impedir a publicidade deles.

Se concordamos que um fabricante de tampinha de cerveja deva ser processado pela má qualidade de seu produto, como se explica nossa conivência com os que enganam a população apregoando propriedades falsas de substâncias químicas que serão ingeridas ingenuamente por pessoas doentes, gente de idade e crianças pequenas?

------------------------

Cartilagem de Tubarão Phytomare - Um Suplemento Alimentar.

Cartilagem de Tubarão Phytomare - Um Suplemento Alimentar.

A CARTILAGEM de TUBARÃO é um complexo protéico formado por proteínas, mucopolissacarídios como o sulfato de condroitina e de glicosaminas, além de substâncias minerais como o fósforo e cálcio produzidos por células conhecidas como condrócitos.

A cartilagem de tubarão é um suplemento alimentar que tem apresentado resultados bastante promissores para auxiliar nos processos de osteoartrite, artrose e degeneração muscular.

A Cartilagem de Tubarão traz efeitos benéficos sobre a flexibilidade das articulações e redução da dor nos processos de osteoartrose, devem-se a presença dos mucopolissacarídios, sulfatos de condroitina e glucosamina presentes na matriz protéica.

A Cartilagem de Tubarão apresenta também a proporção ideal de cálcio e fósforo para serem mais bem absorvidos pelo nosso organismo, ou seja, duas moléculas de cálcio para uma de fósforo, esta relação permite um aumento da fixação do cálcio nos ossos.

-----------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor