Taquicardia -Taquicardia O QUE È?

Emagrecimento Rápido

--------------------------

Taquicardia.

taquicardia pode prejudicar o organismo de uma pessoa de três formas:

Quando os batimentos se encontram aumentados por muito tempo, haverá uma alteração no equilíbrio de oxigênio e dióxido de carbono na hemoglobina sangüínea. Isto é muito comum durante a realização de exercícios, mas muito perigoso durante o repouso;
Queda na eficiência do coração, quando este bombeia sangue muito rapidamente;
Como o coração irá bater mais rápido, ele irá necessitar de mais nutrientes e oxigênio, isso pode deixar a pessoa sem fôlego e com uma dor no peito, podendo ser extremamente perigoso para quem sofre de doença cardíaca isquêmica.
Existem vários tipos de taquicardias:

Síndrome da taquicardia postural
Este tipo de taquicardia ocorre em consequência a uma inesperada alteração do fluxo sanguíneo. Ocorre quando a pessoa se levanta gerando uma taxa de pulsação acelerada. Isso ocorre porque a pressão sanguínea cai e o coração passa a bater mais rápido na tentativa de elevá-la. Os sintomas sentidos são: acelerado batimento cardíaco, tontura, cefaléia, fadiga crônica e dor no peito. Seu tratamento depende da gravidade dos sintomas, geralmente, pessoas que apresentam este quadro são aconselhadas a aumentar a ingestão de fluídos e sal; exercícios físicos também podem ser benéficos; em alguns casos, é necessário que a pessoa utilize um marcapasso.

--------------------------

Taquicardia é um termo médico utilizado para designar um aumento da frequência cardíaca.

Taquicardia é um termo médico utilizado para designar um aumento da frequência cardíaca. Convenciona-se como normal no ser humano uma frequência cardíaca entre 60 e 100 batimentos por minuto. A partir de 100, inclusive, considera-se que há taquicardia.
Uma das formas de se classificar a taquicardia é quanto ao mecanismo que a origina.
Taquicardia sinusal, é a que se origina no nó sinusal o marca passo natural do coração.
Taquicardia supraventricular é a que se origina nos átrios do coração.
Taquicardia ventricular é a que se origina nos ventrículos do coração.
A taquicardia pode ser devida a variações normais do funcionamento do organismo, neste caso chamada de taquicardia fisiológica, ou devida a alguma doença, neste caso taquicardia patológica.

------------------------

TAQUICARDIA/BRADICARDIA.

TAQUICARDIA/BRADICARDIA

Arritmia ou palpitação é um distúrbio do ritmo cardíaco, que provoca a sensação de que o coração deixou de dar uma batida. Na maioria das vezes, se ocorre ocasionalmente, esse fato não tem consequências. Em alguns casos, porém, pode ser sinal de um problema mais grave.

O ritmo das batidas de um coração normal descansado é de 60 a 100 por minuto. Os átrios (as duas câmaras menores do coração) contraem-se simultaneamente e o mesmo acontece, logo em seguida, com os ventrículos (as duas câmaras maiores). Esse mecanismo ocasiona a "batida dupla" característica do coração: tum-tá, tum-tá… Exercícios ou estresse emocional podem aumentar o ritmo cardíaco para até 200 ou mais pulsações. Em pessoas com coração sadio, quando a demanda de esforço volta ao normal, o ritmo cardíaco também se restabelece rapidamente.

Não entanto, às vezes as arritmias se instalam por um período maior de tempo. O coração pode bater demasiado lento (bradicardia), ou demasiado rápido (taquicardia).

Na maioria dos casos, as arritmias são breves, desaparecem espontaneamente e não representam risco para a saúde. No entanto, se o ritmo cardíaco acelerado tornar-se constante, pode conduzir à falência cardíaca congestiva. Arritmias graves, muitas vezes, ocorrem por causa de infartos do miocárdio.

Cafeína, fumo, álcool e outras drogas estimulantes ( legais ou ilícitas) podem desencadear batimentos extras tanto nos átrios quanto nos ventrículos. Usualmente as arritmias desaparecem assim que a pessoa afasta os fatores desencadeantes. Todavia, se os batimentos extras forem rápidos ou muito lentos e vierem acompanhados de tontura e falta de ar, o quadro merece atenção porque pode indicar doenças cardíacas.

Um tipo de arritmia cardíaca grave, com risco de vida, é a chamada "fibrilação" que ocorre quando os átrios ou os ventrículos se contraem de forma irregular, descoordenada. Pessoas com aterosclerose estão particularmente sujeitas a essa anomalia, que vem acompanhada de dor no peito nos casos de infarto.

------------------------

Aceleração cardíaca é preocupante quando ocorre sem o corpo precisar.

Aceleração cardíaca é preocupante quando ocorre sem o corpo precisar
Taquicardia é normal em exercícios e situações de estresse ou nervosismo.
Ritmo dos batimentos é medido com dedo no pulso ou eletrocardiograma.
Sentir o coração acelerado é normal em situações que exigem mais bombeamento de sangue, como numa atividade física ou numa situação de nervosismo e estresse.
Essa taquicardia, porém, às vezes surge em momentos de repouso ou até durante o sono – e aí precisa ser investigada.
É possível reconhecer o ritmo dos batimentos ao colocar o dedo no pulso, mas o diagnóstico médico deve ser feito por um eletrocardiograma, já que o paciente pode não apresentar nenhum outro sintoma.
Quem tem hipotireoidismo às vezes manifesta mais episódios de taquicardia. Para evitá-la, é recomendado praticar uma atividade física, que contribui para o coração voltar mais rápido à frequência normal.

-----------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor