chá de Cavalinha -chá de Cavalinha eagrece até 17kg.

Emagrecimento Rápido

--------------------------

chá de Cavalinha.

Há quase dois meses atrás tomei vergonha na cara e resolvi procurar uma nutricionista, afinal o metabolismo aos 25 anos já não é o mesmo dos 18 e a saúde e o corpo agradecem uma alimentação mais saudável. Mas o post de hoje não é sobre dieta, e sim sobre um cházinho ótimo que minha nutricionista indicou: hibisco + sene + cavalinha. Esse chá é bom para a fase de TPM, pós festas e exageros alimentares. Ou seja, muito bom começar a segunda feira com o chá para "ajustar" as coisas e evitar retenção de líquido e constipação intestinal.

Esse chá conta com 3 ervas que juntas tem o poder diurético e anti-inflamatório, além de laxativo (no caso o sene). Para fazer é muito simples:

Compre as ervas, a recomendação é no Mercado Central. Dê preferência para as ervas naturais que não tem elementos conservantes que podem alterar seu efeito principal. Ou seja, nada de chá pronto, de caixinha e sachêzinho. Aliás, uma coisa que eu estou aprendendo é que se você quer emagrecer/ser saudável use o mínimo de alimentos industrializados possível.
Colocar em torno de "uma mão" de cavalinha, 3 colheres de chá de hibisco e no máximo 5 folhinhas do sene (não coloque a mais porque o efeito laxativo deve ser leve. Você não quer ter um "revertério" no meio do trabalho, não é mesmo?) na água fervente (um ou dois copos) e depois mandar ver. Eu prefiro tomar gelado, mas fica a seu critério.

--------------------------

Chá de cavalinha para infecção urinária.

Chá de cavalinha para infecção urinária
Um excelente remédio caseiro para combater a infecção urinária é tomar o chá de cavalinha.

Ingredientes:

3g de folhas secas de cavalinha
200 ml de água
Modo de preparo:

Adicione as ervas secas de cavalinha na água fervente e deixe descansar por 10 minutos, esse é o tempo necessário para obter uma dose eficaz de substâncias ativas presentes nas folhas da cavalinha. A seguir, coe o chá e beba ainda morno preferencialmente.

Esta receita deve ser repetida entre 4 a 6 vezes ao dia e pode ser utilizado no tratamento de infecção urinária e também em caso de cistite.

As folhas de cavalinha podem ser encontradas em farmácias ou em lojas de produtos naturais e possuem propriedades diuréticas que ajudam a eliminar os microorganismos presentes na bexiga e na uretra.

------------------------

O chá de cavalinha atua diretamente nas inflamações.

Chá de cavalinha
O chá de cavalinha atua diretamente nas inflamações, exterminando os nódulos da celulite. Essa erva tem esse poder porque a cavalinha tem como objetivo ativar a circulação sanguínea, acelerar o metabolismo para uma perda de peso com ritmo mais acelerado, além de ser um ótimo desintoxicante.

Para obter o máximo do efeito do chá, recomenda-se ferver a água juntamente com a erva e deixar levantar a fervura. Quando a fervura começar a subir desligue o fogo e abafe o chá de cavalinha por 15 minutos. Depois é só coar e está pronto para ser servido. Tome de 3 a 4 copos de chá por dia, podendo ser tomado quente, morno ou gelado, da melhor forma que você preferir. Lembre-se, não deve ser acrescentado açúcar e nem adoçante no chá de cavalinha, ele deve ser tomado puro.

------------------------

A cavalinha ou Equisetum ssp.

A cavalinha (Equisetum ssp.) constitui o único gênero da família das equisetáceas, descrito por Lineu em 1753. Seu nome é de origem latina, composto por "equi" (cavalo) e "setum" (cauda), ou seja, rabo de cavalo. Esta espécie também é conhecida como milho de cobra, erva-carnuda, rabo-de-rato, cauda-de-raposa, rabo-de-cobra, cana-de-jacaré, erva-canudo, lixa-vegetal, cola-de-cavalo, entre outras.
As cavalinhas são plantas vasculares, perfazendo cerca de 16 espécies de plantas do gênero Equisetum. Este gênero é o único na família Equisetaceae, a qual por sua vez é a única família da ordem Equisetales e da classe Equisetopsida (também conhecida como Arthrophyta em livros antigos), embora algumas análises moleculares recentes coloquem este gênero dentro das Pteridophytas, relacionando-as aos Marattiales. Estes dados moleculares, contudo, são ainda ambíguos. Outras classes e ordens de Equisetophyta são conhecidas a partir de informação fóssil, pois eles foram importantes membros da flora durante o período Carbonífero
O gênero é comum nas cidades e está presente em todos continentes exceto Austrália e Antártica. Elas são plantas perenes e herbáceas, secando no inverno (para a maioria das espécies temperadas) ou sempre verde (para algumas espécies tropicais, e a espécie temperada Equisetum hyemale). A maioria delas cresce 0,2 – 1,5 m de altura, embora a E. telmateia possa excepcionalmente alcançar 2,5 m, e a espécie tropical E. giganteum 5 m, e E. myriochaetum 8 m.
Nestas plantas, as folhas são muito reduzidas, mostrando-se inicialmente como pequenas inflorescências translúcidas. Os caules são verdes e fotossensíveis, apresentando como características distintas o fato de serem ocos, com juntas e estrias.
Considera-se que esta planta tem mais de 300 milhões de anos sendo assim, comparativamente, uma das formas de vida vegetal mais antigas do mundo.

-----------------------------

Emagrecer Urgente

Emagrecer Emagrecimento Dietas Emagrecedor